Adeus ao quadrimotor

Vídeo especial mostra despedida do Airbus A340 na TAP

Empresa portuguesa encerra operação com o quadrimotor após 25 anos


Portuguesa TAP recebeu o primeiro Airbus A340 em 1994

A TAP Air Portugal finalizou o processo de aposentadoria de sua frota de Airbus A340, que voaram na empresa por 25 anos. Os aviões foram substituídos pelos recém certificados Airbus A321LR e A330neo.

A TAP foi uma das primeiras companhias a receber o A340, considerado na época um dos mais avançados aviões do mercado. Equipado com quatro motores CFM56, similares aos utilizados pela família A320 e Boeing 737, o avião aliava grande eficiência no consumo de combustível e a capacidade de voar voos ETOPS sem restrições.

LEIA TAMBÉM

O A340 é irmão gêmeo do A330, diferenciando basicamente a configuração entre quatro e dois motores. Todos os sistemas, incluindo as asas, são exatamente os mesmos. O diferencial do A340 é permitir voar especialmente voos oceânicos de forma mais direta que a versão bimotor. Na TAP o A340 se tornou a espinha dorsal da frota de longo curso, onde teve presença constante nos principais destinos da companhia portuguesa no Brasil.

 

Os atuais A330neo da TAP oferecem capacidade similar, aliada a maior eficiência no consumo de combustível e menores custos operacionais. A companhia portuguesa também deverá ampliar o número de voos operados com o A321LR, que aliam capacidade de transporte de passageiros a maior flexibilidade.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 2 de Novembro de 2019 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Airbus A340 TAP Portugal A330neo A321LR Boeing Lisboa Brasil voos internacionais