Chances de morte eram bastante altas

Homem tenta viajar ilegalmente no trem de pouso de um avião

Russo que vivia ilegal em Taiwan pretendia voar para a lha de Palau


Russo tenta voar no compartimento do trem de pouso onde estaria exposto a temperaturas congelantes e pouco oxigênio

As autoridades chinesas prenderam um homem que tentava entrar no compartimento do trem de pouso de uma aeronave que estava prestes a decolar. De acordo com a polícia o homem de origem russa vivia ilegalmente em Taiwan e pretendia deixar o país.

O flagrante ocorreu quando o piloto de um Airbus A380 da Asiana Airlines notou um homem correndo pelo gramado e se aproximando de um Boeing 737-800 da China Airlines. O homem que vestia roupas pretas e uma máscara na boca tentou entrar no compartimento do trem de pouso com a aeronave aguardando sua vez na pista de taxi. O piloto do A380 avisou a torre do aeroporto de Taipei sobre o que estava ocorrendo, acionando assim as autoridades e a equipe de segurança do aeroporto.

LEIA TAMBÉM

Segundo o departamento de imigração de Taiwan, o homem de origem russa, estava vivendo ilegalmente no país há vários anos e pretendia voar para Palau, no um isolado arquipélago no Pacífico. O avião que foi interceptado pelo russo estava prestes a cumprir o voo CAL028, entre Taipei e Airai.

O voo entre as duas ilhas tem duração estimada de 3h30, voando em uma altitude média de 37.000 pés (11.000 metros). A longa duração do voo, somado a elevada altitude que oferece pouco oxigênio e as temperaturas externas na casa dos -40°C possivelmente levariam a morte do passageiro ilegal. Além disso, o compartimento de trem de pouso do Boeing 737 oferece um espaço bastante restrito, com grandes chances de um viajante ser esmagado pelo próprio sistema quando recolhido.

Em julho um homem escalou a asa de um avião na Nigéria que se preparava para decolar. O homem alegou que pretendia viajar para Gana, país localizado na costa leste da África. Contudo, o avião estava prestes a voar para Port Harcourt, no sul da Nigéria.

O Departamento de Imigração de Taiwan tem enfrentado uma série de problemas com imigração ilegal, especialmente de cidadãos russos que tem chegado a ilha em maior número na última década. Após a prisão o homem se recusou a responder os questionamentos das autoridades. A imigração chinesa não encontrou nenhum registro da entrada do homem no país, nem mesmo suas digitais estavam disponíveis no sistema integrado do departamento ode justiça e imigração. O homem deverá ser deportado para a Rússia.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 2 de Novembro de 2019 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing China Airlines Asiana Airways Airbus A380 Boeing 737 737-800 Taiwan Rússia