Já pode ser visto no Brasil

Novo monoturbina da Bell teve sua primeira entrega no Brasil

Bell 407GXi é o único da categoria com certificação IFR da Anac


Bell 407 Gxi

Bell 407GXi oferece capacidade e flexibilidade superior aos demais concorrentes na categoria monoturbina

A Bell Helicopters entregou no Brasil o primeiro Bell 407GXi, o único monoturbina certificado para voos IFR no mundo.

A certificação IFR além de tornar a operação mais segura torna o uso do helicóptero mais versátil, permitindo novos voos e rotas. Um dos destaques do modelo é poder operar, por exemplo, em condições meteorológicas não favoráveis, como em um dia de chuva ou com muito nevoeiro.

A operação IFR era exclusiva de modelos biturbina, por sua maior redundância de sistemas, mas o 407GXi obteve elevados níveis de segurança e capacidade técnica ao long ode sua fase de certificação. 

A versão IFR integra uma série de redundâncias dos sistemas da aeronave, além de incluir alguns equipamentos opcionais, como novo piloto automático de três eixos (também certificado para a versão VFR do 407), kit de bateria com amperagem ampliada e novo radar altímetro, integrado com o painel G1000H NXi.

Recentemente o 407GXi passou a ser líder do segmento de sete assentos com 53 unidades fabricadas em 2020, frente a vinte do seu concorrente. No mercado brasileiro o modelo acumula, segundo a TAM AE, um marketshare, em 2021, com mais de 50% das vendas nacionais.

A o 407 GXi é equipado com um motor Rolls Royce M250-C47E/4, FADEC duplo, suíte de aviônica G1000H NXi e capacidade para até sete passageiros. O peso máximo de decolagem é de 2.381 kg, alcance de até 365 nm (676 km) e velocidade máxima de cruzeiro de 141 kts (261 km/h).

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 2 de Julho de 2021 às 16:00


Notícias noticias noticias de aviação helicóptero bell 407gxi brasil