Readequação em tempos de crise

Gol terá voos apenas para as capitais brasileiras

Malha temporária suspende rotas regionais e internacionais, concentrando partidas no aeroporto de Guarulhos (GRU Airport)


Seguindo os protocolos de saúde a tendência do mercado de aviação, a Gol ajustou sua malha aérea entre os dias dia 28 de março e 03 de maio. Durante esse período, a companhia manterá as principais operações para as capitais, suspendendo os voos regionais e internacionais.

A nova malha aérea temporária contará com 50 voos diários. Entretanto, a empresa afirmou que fará voos extras para atender eventuais demandas específicas em destinos regionais e internacionais. Todos os voos terão como origem o aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos (GRU).

LEIA TAMBÉM

A readequação da malha ocorre após à crise da saúde pública gerada pelo COVID-19 que forçou as autoridades imporem o isolamento domiciliar e distanciamento social. Os voos serão mantidos para atender passageiros que precisam viajar ou transportar itens essenciais.

A Gol também irá flexibilizar o tempo limite das conexões, que aumentará de forma a garantir a ligação entre capitais em até 24 horas. Essa nova malha aérea representa uma redução da oferta em aproximadamente 92% no mercado doméstico e 100% no internacional.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 24 de Março de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião GRU Airport Gol covid-19 coronavirus voos domésticos Boeing 737 voos internacionais