Nuvens cinzas sobre a Boeing

Desenvolvimento do avião de maior alcance da Boeing é suspenso por tempo indeterminado

Programa do 777-8 entra em fase de suspensão e fabricante prioriza irmão maior, o 777-9


Projeto de desenvolvimento do 777-8 é suspenso pela Boeing

A Boeing colocou em suspensão o desenvolvimento do 777-8, a versão de ultralongo alcance da família 777X. O anuncio ocorre poucos dias após o fabricante alterar o cronograma para o primeiro voo do 777-9.

O 777-8 é a versão de menor capacidade e maior alcance do 777X, podendo transportar até 384 passageiros com alcance de 16.170 km. Atualmente apenas a Emirates Airline e a Qatar Airways encomendaram o modelo, que soma apenas 53 pedidos firmes.

LEIA TAMBÉM

"Revisamos nosso cronograma de desenvolvimento e as necessidades de nossos atuais clientes do 777X e decidimos ajustar o cronograma", afirmou a Boeing em comunidado.

A mudança de cronograma é a segunda anunciada pela Boeing em um intervalo de poucas semanas. O primeiro voo do 777-9 estava previsto para ocorrer até o final do quatro trimestre de 2019, mas foi alterado para 2020, sem um prazo definido. Problemas com os motores General Electric GE9X comprometeu a agenda de certificação, ainda que a Boeing não confirme se haverá atrasos na entrega do primeiro avião.

O fabricante norte-americano poderá oferecer o 777-8 ao Project Sunrise, da australiana Qantas Airways, que trabalha junto aos fabricantes para obter uma aeronave capaz de voar da Austrália para a costa leste dos Estados Unidos, sem escalas. O projeto poderá ter como concorrente o A350 de ultralongo alcance e possivelmente o 777-8, que deverá ter suas capacidades aperfeiçoadas para atender aos requisitos de alcance superiores aos 16.000 km.

A Boeing focará seus esforços na certificação do 777-9 e na solução dos problemas da família 737 MAX, está última sem data para retomar as operações em todo o mundo.

A expectativa inicial era que o 777-8 pudesse realizar seu primeiro voo em 2021. O modelo ainda será a base para o novo avião executivo de ultralongo alcance da Boeing, conhecido como BBJ 777-8.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação

Publicado em 16 de Agosto de 2019 às 12:00


Notícias Boeing 777 777-8 777-9 777X 737 MAX A350 Airbus Emirates Qatar Qantas