Rachaduras e vibração

EUA determinam substituição de componentes de motores Pratt & Whitney

Aeronaves da Embraer e da Airbus serão atingidas com a decisão


Airbus A220 da Jetblue

Motores estão instalados em aeronaves de pelo menos duas companhias aéreas americanas, como a JetBlue

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) determinou que companhias aéreas dos Estados Unidos substituam componentes nos compressores de alta pressão (HPC) dos motores PW1500G e PW1900G, da Pratt & Whitney.

A decisão veio em resposta a um recorrente número de casos envolvendo desligamento de motores a bordo, causados por rachaduras e pela consequente vibração no eixo do rotor dos HPCs. Os PW1500G são utilizados pelo Airbus A220 e os PW1900G pelo Embraer E2.

O hub dianteiro e o eixo do rotor deverão ser substituídos nos compressores de alta pressão dos modelos em questão. A P&W avaliou que os fios do eixo não foram otimizados para distribuição de carga, o que geraram as ocorrências. Quase 90 motores instalados em aeronaves da Delta Air Lines e da JetBlue serão afetados.

A determinação da FAA entra em vigor no dia 22 de setembro.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 23 de Agosto de 2021 às 17:25


Notícias noticias noticias de aviação FAA Estados Unidos Airbus A220 Embraer E2 Motor Compressor PW