Extended Range

Emirates Airline passa a dispor apenas de aeronaves de alcance estendido

Companhia árabe se prepara para receber novos modelos de aeronaves


Emirates aposenta o 777-300 e foca operações na versão de alcance estendido 

Em paralelo a aposentadoria do último 777 de alcance não estendido, a Emirates Airline inicia o plano de modernização da frota que passará a dispor de outros quatro modelos de aeronaves. O 777-300 foi um dos únicos modelos da empresa árabe que não dispunha de alcance superior aos 6.000 nm.

Com capacidade para até 368 passageiros, o 777-300 tinha alcance limitado em relação as versões de alcance estendido, que possuem alcance inferior de aproximadamente 1.300 nm (2.400 km). O modelo foi substituído em meados dos anos 2000 pelo 777-300ER, que ampliou o alcance para 7.370 nm (13.650 km), ante os 6.030 nm (11.165 km) do modelo padrão. O alcance adicional permitiu muitas vezes voar nas mesmas rotas, com maior capacidade ou com maior autonomia.

LEIA TAMBÉM

Com a aposentadoria do 777-300, a Emirates passa a contar, por ora, com apenas três modelos de aviões: 777-200LR, de ultralongo alcance, 777-300ER que reúne grande capacidade e longo alcance e o A380, o maior avião da frota. A companhia aérea árabe recentemente anunciou a encomenda dos A350 e A330neo, que devem no futuro voarem junto dos 787 e 777X. Em dezembro de 2018 a Emirates recebeu seu último 777-300ER, serão substituídos pelos 777-9 em meados da próxima década.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Santiago Oliver | Fotos: Divulgação

Publicado em 10 de Setembro de 2019 às 16:00


Notícias Emirates Boeing Airbus 777 777-9 A380 A330 A340 A350 787 Dreamliner