Empresa está mais otimista

Azul reverte prejuízo e fecha trimestre com lucro de R$ 1,07 bilhão

Resultado é o triplo do registrado no mesmo período em 2019


Airbus A330neo da Azul

Presidente da Azul espera um cenário favorável para os resultados no segundo semestre

A Azul Linhas Aéreas divulgou os resultados financeiros do segundo trimestre de 2021, mostrando uma reversão dos prejuízos auferidos no mesmo período no ano anterior, com a obtenção do lucro líquido de R$ 1,07 bilhão. Este valor também é o triplo do registrado em 2019, antes da pandemia do coronavírus.

As receitas totais mais que triplicaram, alcançando quase R$ 285 milhões, impulsionadas pela arrecadação com passageiros, que saltou dos R$ 282,5 milhões em 2020 para R$ 1,42 bilhão entre abril e junho deste ano.

A empresa encerrou o período com R$ 5,5 bilhões de liquidez imediata, representando 90,4% da receita dos últimos doze meses, e R$ 8,2 bilhões de liquidez total, incluindo depósitos, reservas de manutenção e recebíveis de longo prazo.

Até o final de setembro, 100% dos adultos brasileiros estarão vacinados com pelo menos uma dose de vacina. Consequentemente, a economia vem reabrindo de maneira segura. (...) Estou confiante que conforme a vacinação progride no Brasil e as atividades corporativas voltam a ser presenciais, veremos um cenário favorável de receita durante o segundo semestre do ano”, segundo o Presidente da companhia, John Rodgerson. 

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 12 de Agosto de 2021 às 09:50


Notícias noticias noticias de aviação Azul Resultados Trimestre Lucro Receitas