No Quênia

Embraer fecha acordo de mobilidade aérea urbana com empresa africana

Os Evtols também serão realidade no mercado do continente


Evtol da Embraer

Tempo das viagens aéreas, aliada à sustentabilidade e eficiência operacional, será reduzido em até 90%

A Eve Urban Air Mobility Solutions, da Embraer, assinou um memorando de entendimento com a Fahari Aviation para o desenvolvimento de modelos operacionais para a mobilidade urbana aérea (UAM).

Assim como os acordos celebrados anteriormente com a Azul Linhas Aéreas e com a EDP, será estabelecida uma base de conceitos e procedimentos para dimensionar a operação segura das aeronaves elétricas de decolagem e pousos verticais (Evtol).

A Fahari Aviation, divisão voltada a Sistemas de Aeronaves Não Tripuladas (UAS) da companhia aérea africana Kenya Airways, promove o uso seguro de UAS na região e será apoiada pela Eve no estabelecimento de sua rede UAM, contribuindo com a elaboração de requisitos para procedimento e ambiente operacional necessários para a Gestão do Tráfego Aéreo Urbano (Uatm). 

A inovação é um elemento crítico da nossa sustentabilidade a longo prazo. A Fahari Aviation está na vanguarda da exploração de tecnologias avançadas, com foco fundamental na aviação, começando pela tecnologia de drones. Com essa parceria, buscamos desenvolver soluções inovadoras de mobilidade aérea para nossos clientes no Quênia e em toda a região", afirmou o diretor-executivo do grupo e CEO da Kenya Airways, Allan Kilavuka.

Estima-se que o uso do Evtol do aeroporto internacional de Nairobi (NBO) para o centro da capital queniana pode reduzir as viagens convencionais em até 90%.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 11 de Agosto de 2021 às 08:35


Notícias noticias noticias de aviação Eve Embraer Kenya Airways Quênia Evtol Aeronave elétrica