Paris Air Show 2019

Airbus encerra o Paris Air Show com 383 encomendas

Destaque para o A321XRL que obteve 249 contratos e A380 se despede de forma discreta


A Airbus encerrou sua participação no Paris Air Show, um dos principais salões aeronáuticos do mundo, com 383 encomendas e 375 conversões de pedidos existentes.

Como esperado a família A320neo se destacou entre as encomendas, com destaque para o recém lançado A321XLR, que obteve 249 contratos durante a semana, sendo 48 novos pedidos firmes, 89 compromissos de compra e 112 conversões de pedidos do A321neo. Outros membros da família A320 receberam 127 pedidos e compromissos.

LEIA TAMBÉM

“Recebemos pedidos de todos os segmentos de mercado, incluindo de empresas de leasing, operadoras de baixo custo e também empresas tradicionais”, comentou Christian Scherer, presidente da divisão comercial da Airbus.

Encomenda da Delta Air Lines para o A220 chega aos 95 aviões

O A220, que fez sua estreia em paris, após ser adquirido pela Airbus, obteve 85 pedidos, confirmando o potencial do modelo entre empresas regionais. A Delta Air Lines confirmou um pedido adicional para cinco A220, elevando sua carteira para um total de 95 aviões.

Entre os widebody o A330neo obteve um pedido adicional da Cebu Pacific, com destaque para a escolha do modelo pela britânica Virgin Atlantic, que encomendou 14 aeronaves do A330-900. Este último pedido foi considerado um marco no programa, visto que o modelo competia com o 787 Dreamliner, que já integra a frota da companhia inglesa.

A380 teve participação discreta no Paris Air Show 2019

Outrora símbolo da Airbus nos eventos aeronáuticos, o A380 teve uma participação discreta em 2019. Uma aeronave operada pela portuguesa Hi Fly realizou uma breve aparição em Paris, realizando um pequeno show aéreo. Ainda que diariamente a frota global de A380 transporte mais de 140.000 passageiros, em 150 rotas e 70 destinos atendidos, o gigante europeu selou seu fim de produção para 2024. O surgimento de aeronaves bimotoras mais eficientes e com capacidade adequada para a maior parte das rotas globais, tornou o A380 um modelo de nicho, destinado a poucas rotas e aeroportos.

O fim da produção do A380 deverá ocorrer no ano seguinte ao Paris Air Show 2023, que poderá ser o último ano que o super jumbo estará presente de forma oficial no evento.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação

Publicado em 21 de Junho de 2019 às 15:00


Notícias Airbus Boeing A320 A320neo A321LR A321XLR A380 A330neo Virgin Atlantic Delta Air Line 787 Dreamliner