AERO Magazine

Paris Air Show 2019

Embraer lança primeiro avião próprio após criação da Boeing Brasil

Novo modelo militar é baseado no Praetor 600, oriundo da divisão de aviação executiva da empresa

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação em 19 de Junho de 2019 às 12:41

O P600 AEW é o primeiro projeto independe da Embraer após venda da divisão comercial

A Embraer lançou durante o Paris Air Show seu primeiro avião militar após a venda da divisão comercial para a Boeing. Chamado de P600 AEW, o avião de alerta antecipado e inteligência é baseado na plataforma do Praetor 600.

O novo avião pode ser considerado um modelo compacto dentro da categoria de aeronaves AEW&C (Airborne Early Warning and Control). Embora seja baseado em uma aeronave de negócios da categoria super médio, o modelo se beneficia dos avanços da eletrônica embarcada, permitindo a instalação de uma completa estação de controle a bordo e de um radar de múltiplo emprego. A antena será montada em um casulo aerodinâmico sobre a fuselagem e não deverá exigir grandes mudanças de engenharia no projeto.

LEIA TAMBÉM

O Praetor 600 é a evolução do Legacy 500, com maior alcance e melhorias aerodinâmicas e de performance

O avião será produzido em parceria com a israelense Elta Systems, que fornecerá um amplo sistema eletrônico de 4ª geração, que inclui o radar de alerta antecipado ELM-2096, além de sensores de coleta de informações, vigilância e inteligência. A Embraer será responsável pela produção do avião, integração dos sistemas e fornecimento dos recursos de terra e os sistemas de comunicação. O acordo de cooperação abrange um compartilhamento de trabalho de 50:50.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

O ELM-2096 usa módulos de transmissão e recepção de semicondutores de nitreto de gálio e pode fornecer um módulo de 240°, sem perda de potência nas bordas, o que permite seu pleno emprego vigilância aérea e marítima.

O sensor primário do P600 AEW é o radar AESA (Digital Active Scanned Array) com capacidade de IFF integrada, mas o modelo pode ser configurado com uma vasta gama de sistemas de sensores de controle para alerta antecipado, além de um radar AEW AESA Digital, IFF civil e militar, pode receber sistemas ESM/ELINT com capacidade de recepção de ameaças-radar, comando e controle, pacote de comunicação abrangente, incluindo redes de dados e links via satélite, além de um robusto sistema de autoproteção (SPS) que realiza a detecção de ameaças potenciais, ativando quaisquer medidas de suporte eletrônico necessárias.

O E-7 Wedgetail, baseado no 737-700,  é um dos mais novos aviões AEW, que conta com dez operadores 

O novo P600 AEW deverá contar com uma solução de comunicação abrangente, permitindo a capacidade de enlace de dados, comunicação por satélite para operações além da linha de visada e recurso de guerra centrada em rede (NCW).

A operação do sistema da Elta prevê três consoles, o que em aeronaves maiores em geral costuma contar com mais operadores. Todavia, a Embraer e a Elta afirmam que o novo modelo não será distante das capacidades de plataformas maiores. Entre outros graças ao sistema de comando e controle incorporar inteligência artificial e aprendizado de máquina, que ajuda a reduzir a carga de trabalho e o número total de pessoas envolvidas no processo.

Na década de 1990 a Embraer desenvolveu o E-99 baseado no EMB-145

“O P600 AEW pode atender ao crescente mercado de capacidades de inteligência, vigilância e reconhecimento nos países que exigem soluções economicamente viáveis”, comentou Jackson Schneider, presidente da Embraer Defesa e Segurança.

LEIA TAMBÉM

Embora o valor final ainda não tenha sido definido, além de depender da configuração final do cliente, a Embraer acredita em uma aeronave com valor inferior a modelos baseados em aeronaves maiores “ o preço será muito, muito competitivo”, afirma Schneider. O modelo civil, básico, do Praetor 600 tem valor de lista de US$ 21 milhões.

O Praetor 600 tem alcance máximo de 8.700 km, na configuração civil, mas deverá reduzir a capacidade na versão militar devido ao maior peso do sistema embarcado. Todavia, a autonomia prevista não será inferior às 4 horas.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO


Notícias Embraer Praetor 600 Legacy 500 E-99 FAB E-7 Boeing Elta AEW AEW&C P600 AEW


Praetor 600

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
2 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano2 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também 4 Pôsteres PORTA COPOS

Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas