Vermelhos versos azuis

A vez dos aviões chineses serem interceptados pelo Japão

Aeronave de vigilância da China é interceptada sobrevoando a fronteira japonesa


Aeronave de vigilância da força aérea da China é fotografada por avião da força aérea japonesa

A força aérea de autodefesa do Japão interceptou na última segunda-feira (22) um avião de vigilância eletrônica chinês, que sobrevoava próximo as águas territoriais do Mar do Japão. O Ministério da Defesa do Japão afirmou que o encontro entre as duas forças foi dentro dos padrões internacionais de interceptação.

O Shaanxi Y-9JB é um avião de vigilância e guerra eletrônica da Força Aérea Do Exército De Libertação Popular (PLAAF), baseado no avião de transporte Y-9, de projeto chinês. A aeronave dispõem de uma série de sistemas e radares capazes de obter dados de telemetria, comunicação e imagens de territórios sobrevoados.

LEIA TAMBÉM

Mesmo voando em água internacionais este tipo de aeronave é capaz de obter dados sensíveis do país observado, o que mantém em alerta máximo as forças armadas japonesas. Normalmente as interceptações das aeronaves chinesas ocorrem no espaço aéreo próximo as ilhas de Okinawa e Miyako, próximo ao mar da China Oriental.

Diagrama mostra rota percorrida pelo avião chinês ao largo da costa do Japão

O Estreito de Miyako é uma das principais portas das forças armadas ao Oceano Pacífico, que têm ampliado os exercícios militares na região. O Japão tem acompanhado nos últimos meses a intensificação de voos da PLAAF nas regiões de fronteira.

NOTA: O Ministério da Defesa do Japão não respondeu, até o momento da publicação da notícia, ao questionamento da AERO Magazine referente a quais aeronaves foram empregadas na interceptação.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 23 de Junho de 2020 às 16:07


Notícias notícia de aviação aeronave avião China força aérea japonesa PLAAF Japão avião de vigilância Shaanxi Y-9 Y-9JB