Segurança dos stealth

Um Super Hornet em cima de um prédio e montado de cabeça para baixo

Novos pods eletrônicos do Growler estão realizando ensaio de validação para assinatura radar


Exemplar do EA-18G montado em torre para validação de assinatura radar dos novos pods NGL

A marinha dos Estados Unidos divulgou uma nova imagem dos testes para a nova geração do sistema de armas do EA-18G Growler, a versão de guerra eletrônica do caça F/A-18 Super Hornet. O objetivo é desenvolver um novo pod utilizado em guerra eletrônica, que apresente menor assinatura radar e que amplie a capacidade de combate do avião.

Chamado de Next Generation Jammer (NGJ), o programa deverá substituir o pod ALQ-99 TJS (veja detalhes na imagem abaixo), desenvolvido na década de 1970 para o EA-6B Prowler, mas até hoje em uso pelos EA-18G Growler. Os novos sistemas deverão contar com incrementos nas frequências operacionais, em banda alta, média e baixa.

LEIA TAMBÉM

Os ensaios conduzidos na base naval de Patuxent River, Maryland, têm objetivo de aferir dados da assinatura radar de seção transversal (RCS). Os engenheiros buscam um formato de capsula que possa reduzir da melhor forma a assinatura radar do dispositivo, evitando ampliar a detecção da aeronave enquanto se aproxima da área que deverá iniciar sua missão.

Note os pods ALQ-99 TJS instalados no EA-18 Growler

O sistema Growler usualmente é utilizado para confundir radares inimigos, mas a presença do avião poderá ser notada antes do sistema ser acionado, por isso a necessidade de garantir o menos RCS possível.

Saiba mais

De acordo com os requisitos da marinha dos Estados Unidos, serão desenvolvidos três novos pods. O NGJ-MB, de banda média, substituirá um dos pods ALQ-99 de banda alta que os Growlers carregam sob as asas. O NGJ-LB, de banda baixa, substituirá o respectivo pod de banda baixa que a aeronave carrega na posição ventral (sob a fuselagem). O NGJ-LB é considerado extremamente para a estratégia de guerra dos Estados Unidos, pois deverá fornecer cobertura para as aeronaves furtivas (stealth), neutralizando os radares de Banda Baixa, conhecidos como anti-aeronaves furtivas. A L3Harris e à Northrop Grumman Corporation, responsáveis pelo projeto, trabalha ainda no desenvolvimento do NGL-HB, banda alta, que será realizado em a asa esquerda).

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 23 de Junho de 2020 às 13:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing F/A-18 Super Hornet EA-18G Growler US Navy Estados Unidos marinha guerra eletrônica