Indústria

Beluga comemora 20 anos

Modelo é parte vital da logística da Airbus e voa em média 70 vezes na semana


A Airbus comemora amanhã, 13, os 20 anos do primeiro voo do A300-600ST, popularmente conhecido como Beluga.

O modelo derivado do popular A300-600, fez seu voo inaugural em 13 de setembro de 1994, tendo sido posteriormente construído cinco exemplares, que voam exclusivamente para a Airbus.

Desde 1995, ano que entrou em serviço regular, a frota de Beluga realiza em média 70 voos semanais entre diferentes locais na Europa, transportando peças cruciais para todos os programas da Airbus, incluindo o A380.

A frota Beluga é operada pela ATI (Airbus Transport International), uma companhia aérea subsidiária Airbus, e cada equipe Beluga é composta por um piloto, um co-piloto e um engenheiro de voo.

O Beluga surgiu da necessidade da Airbus em substituir a envelhecida frota de Super Guppy, modelo criado na década de 1960 pela Aero Spacelines, utilizando como base o Boeing 377 Stratocruiser.

O Beluga é baseado no A300-600R, porém, a estrutura geral do avião foi amplamente modificada, incluindo o reposicionamento do cockpit, que fica num nível mais baixo. O modelo conta com 56 metros de comprimento, 17 m de altura e uma fuselagem com diâmetro de 7,71 m, o que proporciona um deck de carga com impressionantes 1,400m³, capacidade volumétrica superior ao Antonov 124. Devido suas dimensões, o Beluga pode transportar uma carga máxima de 47 toneladas, com alcance limitado em 1.660 km (900 nm).

Da redação

Publicado em 12 de Setembro de 2014 às 12:00


Notícias