Novo caso

BR Distribuidora descobre novo problema na gasolina de aviação

Empresa iniciou o recolhimento do Avgas e recomenda que operadores devolvam combustível já adquirido


Falha na composição da gasolina de aviação pode comprometer a segurança do voo

A BR Distribuidora suspendeu a comercialização de gasolina de aviação (Avgas) após detectar parâmetros do combustível fora dos limites de especificação.

Em nota oficial a empresa informou que está recolhendo o combustível e suspendeu o recebimento de novos lotes. Este logo de gasolina é produzido no Brasil, mas é o segundo caso em menos de um ano referente a problemas na composição química do produto enviado ao Brasil. Anteriormente o Avgas estava sendo importada e um lote apresentou problemas graves na composição. 

A BR Distribuidora recomendou que os consumidores e distribuidores suspendam o uso da gasolina atual. Segundo contato com a redação da AERO Magazine, a assessoria da BR Distribuidora afirma que não haverá problemas no abastecimento, que os lotes que serão recolhidos são pontuais.

Vale ressaltar que a Petrobras Distribuidora, conhecida como BR Distribuidora, não é mais parte  da Petrobras SA. Em julho de 2019 a estatal vendeu o controle da BR Distribuidora na bolsa de valores, tornando a companhia uma empresa de capital aberto, se afastando assim do controle administrativo.

Abaixo a íntegra da nota da Petrobras Distribuidora, assinada pelo diretor executivo de finanças, compras e RI, André Corrêa Natal.

Rio de Janeiro, 03 de fevereiro de 2021

Petrobras Distribuidora S.A. (B3: BRDT3), informa que suspendeu, preventivamente, a comercialização de gasolina de aviação (AVGAS) para seus clientes diretos e revendedores, em função de ter sido detectada a existência de um parâmetro do combustível fora dos limites de especificação.

A BR está iniciando as ações para recolhimento do produto comercializado, devolução do lote armazenado e recebimento de novos lotes, e recomendou aos seus clientes diretos e revendedores que adotem as mesmas providencias, de modo a restabelecer o abastecimento no menor tempo possível.

Informamos ainda, que a BR está colaborando com o levantamento que está sendo feito pelo fornecedor sobre a origem do problema e que os Órgãos Reguladores foram comunicados do ocorrido.

A BR manterá os investidores e o mercado em geral informados de futuros desenvolvimentos.

ANDRÉ CORRÊA NATAL
Diretor Executivo de Finanças, Compras e RI
(CFO/IRO)

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 3 de Fevereiro de 2021 às 12:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação gasolina Avgas Petrobras BR Distribuidora