Carbono neutro

Combustível sustentável promete reduzir emissões de CO2 em 75%

Rolls-Royce realizou testes com SAF puro no motor Pearl 700, destinado à aviação de negócios


Operação com combustível sustentável promete ser requisito básico de projeto nos próximos anos

A Rolls-Royce conduziu os primeiros testes do motor Pearl 700 com uso de combustível de aviação 100% sustentável (SAF) e não derivado de petróleo. O propulsor destinado à aviação de negócios permitirá ampliar a opção de novos combustíveis na aviação.

O setor aeronáutico trabalhar para atingir o chamado ‘carbono zero líquido’, até 2050, quando se espera que a aviação não emitirá quantidades significativas de poluentes, especialmente carbono, na atmosfera.

O ensaio envolveu o motor Pearl 700, que está em desenvolvimento, e ocorreu na planta industrial da Rolls-Royce em Dahlewitz, Alemanha. O teste foi realizado poucas semanas após o fabricante britânico concluir com sucesso um ensaio similar utilizando um motor Trent 1000, utilizado pelo Boeing 787, em Derby, Reino Unido.

Os dois ensaios comprovaram a capacidade da atual geração de motores de operar com 100% de SAF, permitindo assim uma gradual mudança na matriz energética básica da aviação, que emprega querosene, um derivado do petróleo.

Atualmente o SAF é certificado apenas para misturas de até 50% com combustível de aviação convencional e já pode ser usado em todos os motores Rolls-Royce atuais. A intenção agora é garantir que o SAF puro possa ser utilizado independente das condições de voo e tempo de funcionamento dos motores.

O SAF usado nos testes foi produzido pela World Energy, especialista em combustível de baixo carbono, sediada em Paramount, na Califórnia. O combustível foi fornecido pela Shell Aviation e tem o potencial de reduzir as emissões líquidas do ciclo de vida de CO2 em mais de 75% em comparação com o combustível de aviação convencional.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 2 de Fevereiro de 2021 às 14:00


Radar Cultural notícias de aviação aeronave avião aviação Rolls-Royce Trent Trent 1000 787 Boeing Pearl 700 jatinho SAF Shell querosene