A330 militar

Real Força Aérea Australiana assina acordo de manutenção para o A330 MRTT

Sistema de análise digital da Airbus permite ampliar a disponibilidade da frota de aviões tanque


Real força aérea australiana é um dos principais operadores do A330 MRTT no mundo

A Airbus assinou recentemente um contrato para fornecer serviços para a manutenção do sistema de reabastecimento dos KC-30A (A330 MRTT) da Real Força Aérea Australiana (RAAF).

Denominado SmartForce, o serviço digital permite a força aérea reduzir custos de manutenção e melhorar a disponibilidade de frota, otimizando o diagnóstico de falhas e tarefas de solução de problemas para o Sistema de Boom de Reabastecimento Aéreo (ARBS, na sigla em inglês).

O ARBS é um dos principais sistemas do A330 MRTT da RAAF, sendo fundamental para o reabastecimento da frota de caças F-35 e do avião de patrula P-8A. A sonda conta com um mecanismo critico, que exige especial atenção na gestão da manutenção.

Com base na análise de dados da Airbus por aplicativos, o SmartForce também permite aos operadores militares explorar os dados da aeronave para a resolução de problemas de forma inteligente, com a sugestão na demanda de materiais para otimizar os reparos e maximizar a prontidão para futuras missões.

“Desde o lançamento do SmartForce, em 2018, a Airbus está totalmente comprometida em apoiar as iniciativas digitais de nossos clientes. Trabalhando em colaboração com eles assinamos cinco acordos para o co-desenvolvimento de novos serviços e tecnologias. Estamos orgulhosos de ver que os operadores militares estão cada vez mais se juntando a nós em nossa jornada digital”, disse Stephan Miegel, chefe de serviços de aeronaves militares da Airbus Defence and Space.

Peça fundamental para o SmartForce, o sistema de dados permite que os operadores utilizem os registros de dados de voos pelo sistema de gravação de missão para fornecer informações sobre problemas registrados durante o voo e ações de manutenção recomendadas para corrigi-los. 

No caso específico da implantação do sistema para o KC-30A, a Airbus contou com a cooperação e colaboração da Comunidade da Austrália (CoA) e da Northrop Grumman Australia para o compartilhamento de dados e a definição da arquitetura do sistema. Com desenvolvimento futuro proposto, a Airbus pretende ampliar o diagnóstico do SmartForce para realizar a avaliação completa das aeronaves.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 1 de Fevereiro de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Airbus A330 A330 MRTT RAAF KC-30A Boeing P-8A Poseidon F-35 Lockheed Martin