Custou caro

Passageiro pode ser multado em mais de R$ 80 mil nos EUA

Confusão a bordo, ingestão de bebida alcoólica e retorno do avião para Nova York estão entre as acusações


Aeronave retornou acima do peso máximo de pouso e voo só prosseguiu no dia seguinte

Um passageiro jetBlue pode receber multas que somadas podem chegar aos US$ 14.500 (R$ 81.439) da FAA, a agência de aviação civil dos Estados Unidos, por cometer várias infrações a bordo, incluindo desrespeito às normas de distanciamento social.

O caso aconteceu na madrugada do dia 23 de dezembro, no voo JBU1537, entre Nova York (JFK) e Santiago de Los Caballeros (STI), na República Dominicana. O passageiro, que não teve o nome revelado, estava sem máscara, desrespeitou o distanciamento social se sentando ao lado de outro passageiro e conversou em voz alta.

Além disso, foi flagrado o consumo de bebida alcoólica que ele trouxe a bordo, infringindo uma determinação da legislação dos Estados Unidos. Por questões de segurança é proibido consumir qualquer bebida alcoólica a bordo, visto que isso dificulta os membros da tripulação de controlarem o quanto foi ingerido.

O Airbus A321-200 ( registro N959JB) foi obrigado a retornar ao aeroporto JFK e efetuou pouso com quatro mil libras (1.815 km) acima do peso, por conta da quantidade de combustível a bordo e a necessidade de retorno imediato. Ainda que todo avião tenha capacidade de pousar com seu peso máximo de decolagem, existe um esforço adicional na estrutura, especialmente de trem de pouso, obrigando uma inspeção dos sistemas antes do próximo voo. O passageiro terá 30 dias para recorrer da decisão.

O voo foi reprogramado para o dia seguinte, visto as restrições de viagens internacionais causadas pela pandemia. Além da multa oficial, pelos transtornos causados a companhia aérea e aos demais ocupantes do avião, o passageiro pode ainda ser processado por quem se sentir prejudicado por sua atitude.

Por Marcel Cardoso

Publicado em 16 de Março de 2021 às 20:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião airbus A320 jetBlue Neeleman Nova York JFK FAA