Conversões em alta

Pandemia amplia nova geração de aeronaves de carga na América Latina

Novas oportunidades estão sendo geradas pela modalidade de transporte


Terminal de Cargas de Porto Alegre

Terminal de cargas do aeroporto de Porto Alegre - Foto: Divulgação

A demanda por aeronaves exclusivamente de carga em todo o mundo se tornou mais importante do que nunca na pandemia do coronavírus. Por conta das fortes restrições ao transporte de passageiros, que estão agora em franca redução, a modalidade foi responsável por abrir novas oportunidades.

Dada a reconfiguração do cenário econômico global durante o último ano, a carga aérea é um fator-chave para atender à crescente demanda por grandes lotes de suprimentos médicos e vacinas contra a covid-19, bem como para o aumento do embarque de cargas geradas pelo constante aumento dos negócios de comércio eletrônico no mundo todo, o que levou até mesmo à intensificação das taxas de comércio entre regiões, como na América Latina e na Ásia.

Na Airbus, por exemplo, o programa A330P2F (P2F, passageiro para cargueiro, ou passenger to freighter, em inglês), que tem duas versões (A330-200P2F e A330-300P2F), posiciona-se como uma das opções para o mercado latino-americano de cargueiros. Dois dos motivos estão no consumo de combustível, que é 20% menor, e a carga útil, que é até 30% maior do que as de gerações anteriores.

Em todo o mundo, a demanda de carga aérea ultrapassou os níveis pré-pandêmicos em abril de 2021, com um crescimento de 12% (em relação a 2019), e cresceu 7,8% em relação ao mês anterior, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata).

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 1 de Outubro de 2021 às 21:05


Notícias noticias noticias de aviação Carga Pandemia Conversão Aviões Demanda América Latina