A caminho do primeiro voo

Maior avião bimotor do mundo realiza testes em solo

Boeing amplia ensaios com o 777-9 incluindo manobras de táxi e acionamento das pontas dobráveis das asas


A Boeing divulgou imagens da continuidade dos testes no 777-9, o mais novo membro da família Triple Seven. Os ensaios envolveram manobras de taxi em baixa velocidades, que ocorreram na unidade de Everett, no estado de Washington, nos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM

Recentemente a fabricante norte-americana havia ampliado o leque de ensaios de motor com o 777-9X.  Os ensaios mais recentes de manobras em solo incluíram a movimentação das pontas de asas, que dobram reduzindo a envergadura da aeronave. O objetivo é manter o novo avião dentro dos mesmos limites do atual 777-300ER, que pode operar em aeroportos classe E. A nova envergadura, com quase 72 metros, limitaria o uso do avião em poucos aeroportos ao redor do mundo, os mesmos com capacidade para atender o Airbus A380.

Testes em solo incluiram manobras de taxi em baixa velocidade

Um dos destaques do 777-9 é o enorme motor GE9X, que possui um diametro superior ao da fuselagem do Boeing 737

A maor versão da família Triple Seven, o 777-9 possui uma fuselagem com 77 metros de comprimento e envergadura de de 71,7 m.

Com as pontas das asas dobradas a envergadura reduz para 64,8 m

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação

Publicado em 6 de Agosto de 2019 às 16:00


Notícias Boeing 777 737 777-9 GE GE9X Airbus A380