Hercules

Lockheed obtém contrato de US$ 15 bilhões nos EUA para o C-130J

Concorrente direto do brasileiro C-390 mantém contratos bilionários no mundo


Acordo entre a USAF e a Lockheed Martin tem validade de dez anos

  • Faça parte do grupo de AERO Magazine no Telegram clicando aqui

A Lockheed Martin recebeu da força aérea dos Estados Unidos (USAF) um contrato de US$ 15 bilhões para suporte e modernização dos C-130J Super Hercules. O acordo prevê uma série de atividades de desenvolvimento, integração e produção das aeronaves de transporte táticas.

O trabalho no contrato será realizado na unidade da Lockheed em Marietta, nos Estados Unidos, deverá ser concluído em julho de 2030. O contrato é válido sobre quantidade indefinida e entrega indefinida, variando de acordo com a necessidade da força aérea.

O acordo ainda inclui as vendas militares estrangeiras (FMS), como resultado de uma aquisição de fonte única. O programa atende aos aliados dos Estados Unidos, que obtém acordos para compra de meios militares bastante favoráveis e financiados pelo Pentágono.

O C-130J é atualmente o principal cargueiro tático das forças armadas dos Estados Unidos, além de ser um dos principais aviões de transporte de países membros da Otan. A Lockheed Martin mantém uma posição confortável em relação aos pedidos da categoria, basicamente dominando o segmento. A Embraer pretende no curto prazo disputar parte do mercado hoje concentrado no Hercules, oferecendo o C-390 Millennium como uma alternativa de maior capacidade, alcance e menor custo.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 20 de Julho de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Lochkeed Martin C-130 Hercules USAF EUA air force Embraer C-390 KC-390