Entrega imediata

Grécia deverá receber seus primeiros caças Rafale em duas semanas

Chegada das novas aeronaves vai amplicar capacidades da defesa aérea grega


 Grécia vai adquirir caças de segunda mão e novos direto de fábrica  | Foto: Dassault

Força Aérea da Grécia, também conhecida como Helênica, irá receber e dar início as operações de seus primeiros Dassault Rafale, quando os seis primeiros chegarem ao país entre os dias 17 a 19 de janeiro.

As aeronaves estão na França, aguardando todas as autorizações e tramites necessários para serem liberadas.

Os caças serão deslocados até a base aérea de Tanagra, a leste da capital Atenas, onde farão parte da 114ª Ala de Combate.

Em janeiro de 2020 a Grécia assinou com a França um acordo para a compra de 18 Rafale. Contudo, em setembro do mesmo ano, foi feito um pedido adicional de seis unidades, aumentando a frota para 24 aviões.

O Rafale têm dito muitas vendas ultimamente, países como Catar, Índia, Egito, Croácia e Emirados Árabes Unidos, estão adquirindo a aeronave. Outra potencial aquisição é para a Indonésia, que desistiu da compra do caça russo Su-30SM. No entanto, o caça francês tem como concorrente o norte-americano F-15EX

Além dos Rafale, a força aérea Helênica opera ainda 150 F-16, 30 F-4 Phantom e 40 unidades do também francês Dassault Mirage 2000.

 

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por André Magalhães

Publicado em 6 de Janeiro de 2022 às 16:50


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Dassault Rafale França Grécia Caça