Labace 2019

Seis passos para acertar no processo de aquisição de uma aeronave usada

O que fazer ao adquirir uma aeronave


Acontece na Labace 2019 by 

À medida que avançamos em 2019, a indústria de aviação privada no Brasil se recupera de forma lenta, mas segura. Diante do otimismo, ainda que contido, surge a necessidade de adquirir mais aeronaves particulares. A experiência mostra que uma aeronave contribui diretamente para a lucratividade de uma empresa e para a qualidade de vida de funcionários em cargos-chave. E se há um país que precisa de aviação privada, este é o Brasil. Não por acaso ostenta um mercado maduro que adotou a aviação privada em razão da falta de serviços aéreos regulares em um território de dimensões continentais. 
Diante da tendência de compra, reunimos as melhores práticas ao adquirir uma aeronave, tendo como base princípios testados em milhares de transações ao redor do mundo. Aqui estão cinco etapas para garantir que você está fazendo o melhor negócio ao comprar uma aeronave:

LEIA TAMBÉM

1. O que você precisa? 
Comprar uma aeronave tem a ver com escolhas. A indústria adota conceitos que visam identificar corretamente um ou dois modelos que atendam a grande parte das necessidades, levando em consideração o custo operacional, depreciação, comprimentos de pista, preço de compra, pés cúbicos por passageiro ou futuros custos de manutenção. Deve-se levar em consideração o necessário não apenas hoje, mas nos próximos três a cinco anos. 
 
2. Monte uma equipe 
Assim como ao vender uma aeronave, você precisa da melhor equipe ao seu lado quando passar por uma aquisição. Isso começa com um agente de aquisição exclusivo (corretor) que trabalha apenas para você – não para o vendedor. Isso não é tão comum no Brasil, mas é uma cultura que está mudando. Se você está comprando uma aeronave e espera que seu corretor seja pago pelo vendedor, você está se colocando em uma grande desvantagem quando se trata de negociar alguns pontos sensíveis. 
Contrate um corretor exclusivo e pague uma taxa fixa (não uma porcentagem). Isso elimina conflitos de interesse e quaisquer dilemas éticos que ocorrerão. Você também deve querer um advogado especializado em aviação do seu lado – há muitos bons no Brasil. Esse conhecimento especializado garantirá que seus interesses estejam protegidos. Da mesma forma, você precisará contratar uma empresa comercial especializada em aviação. Finalmente, um especialista técnico no modelo que você identificou é essencial durante o processo de pré-compra e entrega.
 
3. Encontre oportunidades nos lugares certos
Uma boa aquisição é um processo organizado e metódico, e isso se aplica ao mercado no qual vai encontrar uma aeronave. A melhor maneira é publicar um e-Blast (uma versão eletrônica da antiga mala direta) para dezenas de milhares de corretores e proprietários em todo o mundo por meio serviços especializados nesse tipo de marketing na área de aviação. 
Se você realmente identificou a aeronave exata que está procurando e contratou um corretor exclusivo, isso dirá ao mercado que você é um comprador sério, ou seja, vai obter as melhores ofertas e ter acesso às melhores informações. Um corretor ou agente de aquisição saberá como fazer isso e levantará duas a três aeronaves com potencial de compra para uma análise mais detalhada.
 
4. Embarque em um avião 
É incrível quantas aeronaves são compradas ou alugadas sem que o interessado possa ver o avião até que a negociação chegue a um estágio avançado. Isso tende a gerar desperdício de tempo e despesas, enquanto uma passagem aérea pode resolver muitas questões antecipadamente. Visite os três principais modelo que você identificou e com ajuda especializada classifique essas aeronaves por um conjunto de critérios predeterminados, tendo visto em primeira mão a condição da aeronave, os diários de bordo e as entrevistas com o piloto-chefe e o diretor de manutenção.
 
5.  Seja objetivo
Faça ofertas por escrito, em papel timbrado da sua empresa, e assinadas por um diretor da companhia. Isso deve ser feito sob coordenação cuidadosa de sua equipe, o que irá definir o tom para a negociação.
Você deve ser objetivo e tudo deve comunicar seriedade e objetividade. Senão, você provavelmente não obterá o melhor negócio ou, pior ainda, nenhum acordo. Neste negócio, os vencedores obtêm as melhores ofertas e todos os outros lutam pelas sobras.
 
6. Use senso comum 
Confie na equipe que você reuniu para dar conselhos – eles são seus especialistas. Juntos, como equipe, eles lhe darão as melhores respostas para qualquer pergunta e você poderá ter certeza de que seus interesses estão protegidos. No final, adquirir uma aeronave é um tremendo investimento na sua empresa e na qualidade de vida de seus principais agentes. Ao estruturar sua aquisição da maneira certa, pode ser um processo agradável, desde o sonho inicial até o momento em que está na rampa – esperando para levá-lo em seu primeiro voo.
 
ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO
Por David Clark, especial para AERO Magazine

Publicado em 9 de Agosto de 2019 às 14:59


Notícias Labace aviação de negócios