Peso pesado

Tanques de guerra são usados para resgatar Antonov acidentado

An-124 realizou um pouso forçado na Rússia e sofreu graves avarias estruturais


Elevado peso do An-124 e condições do terreno obrigaram as equipes de resgate utilizarem dois tanques de guerra

As equipes do aeroporto de Novosibirsk, na Rússia, utilizaram dois tanques de guerra para remover o Antonov An-124 que ficou seriamente avariado após um pouso de emergência. O acidente ocorreu no último dia 13 de novembro, quando um bando de pássaros atingiu um dos motores causando uma falha catastrófica.

O avião, matrícula RA-82042, parou fora da pista após o pouso de emergência, sofrendo graves danos estruturais, incluindo no sistema de trem de pouso do nariz e principal. O gigante que pode pesar mais de 400 toneladas quando carregado, passou por uma vistoria das autoridades de aviação da Rússia, assim como da Volga-Dnper, empresa proprietária do avião.

Saiba mais...

O processo de recuperação do An-124 foi considerado bastante delicado, visto as condições da estrutura e do solo, exigindo assim o uso de tanques de guerra para sua movimentação. Não é incomum as autoridades russas utilizarem os blindados no resgate de aeronaves acidentadas. Entre os motivos está a disponibilidade de tais veículos, muitos convertidos para serviços civis, aliado a seu elevado peso, que permite arrastar aviões de grande porte sem o risco de patinarem no processo.

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra dois tanques realizando o reboque do An-124 após mais de duas semanas do acidente. A Volga-Dnper iniciou uma investigação particular para apurar as causas do ocorrido e proibiu os voos com sua frota de An-124 até a conclusão de seu laudo sobre as causas do colapso do motor.

Ainda não se sabe se a aeronave retornará aos céus, visto que além dos avarias na fuselagem e motor, o avião também colapsou o trem de pouso dianteiro por conta da excursão de pista, assim como sofreu extensos danos nas asas. Contudo, considerando a pequena frota de An-124 disponíveis no mercado civil, não é descartado uma manutenção pesada que permita seu retorno aos céus.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 30 de Novembro de 2020 às 11:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Antonov An-124 Volga-Dnper acidente tanque de guerra