Sivam

Avião de defesa do espaço aéreo brasileiro é modernizado

Embraer realizou a entrega do primeiro E-99M da FAB que agora pode ser integrado ao Gripen


E-99M amplia as capacidades da FAB e poderá ser integrado ao sistema Gripen E/F

A Embraer entregou hoje (26) à Força Aérea Brasileira (FAB) o primeiro E-99 modernizado. A aeronave de Alerta Aéreo Antecipado e Controle de voo é uma das peças fundamentais do sistema de proteão do espaço aéreo brasileiro, especialmente da região amazônica e zonas de fronteira.

O modelo designado pela Embraer como EMB 145 AEW&C foi recebido pela FAB em cerimônica realizada em Gavião Peixoto, SP. O contrato prevê ainda a modernização de mais quatro aeronaves.

Desenvolvido sobre a plataforma do jato regional ERJ 145 a aeronave pode detectar, rastrear e identificar alvos em sua área de cobertura e transmitir essas informações via Data Link. O programa original foi concebido no final da década de 1990 como responsável por conduzir missões de vigilância do espaço aéreo, controle e gerenciamento de interceptação. Além de serviços de inteligência eletrônica e monitoramento de fronteiras.

Durante o processo de modernização, foram atualizados os sistemas de missão e subsistemas de guerra eletrônica, comando e controle, contramedidas, assim como o radar de vigilância aérea, ampliando a capacidade da FAB e permitindo uma futura integração com o caça Gripen E/F.

“Para a Embraer é um privilégio poder seguir atendendo às necessidades da FAB para manter moderna e atualizada uma aeronave robusta que cumpre um papel estratégico no sistema de defesa do Brasil e já comprovou sua eficácia operacional”, disse Jackson Schneider, presidente e diretor-executivo da Embraer Defesa e Segurança. “Como parte da estratégia de crescimento da Embraer para os próximos anos, temos investido na diversificação de áreas de atuação em defesa e segurança, que vão muito além do avião, com soluções inovadoras para melhor atender às necessidades do mercado global de defesa”, concluiu o executivo. 

O projeto E-99 é coordenado pela FAB tendo como parceiros à Embraer, SAAB, Aeroeletronica Internacional (AELI) e Rohde & Schwarz. Além da modernização, o projeto também possui acordos de transferência de tecnologia que possibilitarão avanços tecnológicos na área de defesa da indústria brasileira.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 27 de Novembro de 2020 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Embraer ERJ ERJ 145 EMB 145 Gripen E-99 Saab FAB Amazônia Sivam