AERO Magazine
Busca

Mais um embate

Airbus cancela todos os pedidos do A350 da Qatar Airways

Fabricante cancelou os pedidos remanescentes do A350 da Qatar Airways


Airbus e Qatar Airways travam uma disputa que está agora nos tribunais - Divulgação
Airbus e Qatar Airways travam uma disputa que está agora nos tribunais - Divulgação

Em mais um capítulo de uma disputa judicial que se arrasta por mais de um ano, a Airbus agora cancelou todos os pedidos remanescentes do A350 da Qatar Airways.

Alegando problemas de qualidade nas pinturas de cerca de 20 aeronaves, a companhia aérea suspendeu as operações destas unidades em março de 2021 e acionou o fabricante na Justiça, pedindo US$ 1,4 bilhão (R$ 7,4 bilhões) pelos supostos prejuízos causados. 

Por outro lado, em junho, a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (Easa) afirmou que não encontrou evidências de que os problemas no Airbus A350 representam uma preocupação quanto à segurança de voo. Segundo o diretor do regulador, Patrick Ky, o modelo foi inspecionado e nenhum dano que possa implicar riscos de segurança foi encontrado. 

A decisão, divulgada pela agência Reuters, foi tomada a pouco mais de 100 dias da Copa do Mundo Fifa 2022, que será sediada no Catar e que terá a companhia aérea como patrocinadora-master.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Banner

Marcel Cardoso
Publicado em 03/08/2022, às 13h03


Mais Notícias