Indústria

Rockwell Collins investe no Brasil

Empresa planeja expandir suas instalações em São José dos Campos


A Rockwell Collins do Brasil anunciou que planeja duplicar suas instalações em São José dos Campos.

"Esta ampliação oferecerá novas capacidades de engenharia e de atendimento aos nossos clientes na região e permitirá que a Rockwell Collins do Brasil busque e conquiste mais programas comerciais e militares", disse Nélson Aquino, diretor executivo da Rockwell Collins do Brasil.

Segundo a empresa, seu centro de manutenção em São José dos Campos tem sido fundamental para atender às necessidades dos clientes locais, inclusive os fabricantes aeronáuticos Embraer e Helibras.

A Rockwell Collins do Brasil aumentou seu quadro local de funcionários em 50% ao longo dos três últimos anos, acrescentando engenheiros, gerentes de programa, técnicos de assistência e pessoal de desenvolvimento de negócios para oferecer um melhor atendimento aos clientes, parceiros e programas no país.

Esta ampliação é orientada pela estratégia da empresa de investir no Brasil e aumentar sua presença e atividades no país, especialmente no segmento de mercado de defesa e segurança.

Alguns dos negócios de destaque da Rockwell Collins do Brasil incluem:

  • A seleção do sistema de cabine Pro Line Fusion para o KC-390 pela Embraer.

  • Fornecimento do Micro Inertial Navigation Sensor (INS, microssensor de navegação inercial) para o Horus 100, produzido pela brasileira FT Sistemas.

  • Entrega do rádio aerotransportado HF-9087D para o helicóptero EC 725 da Helibras.

  • O rádio Talon foi selecionado como o sistema de comunicação aerotransportada padrão para os helicópteros do Exército Brasileiro em 2013.

  • O Super Tucano utiliza diversos sistemas de comunicações e navegação da Rockwell Collins

  • Uso da suíte de aviônicos Pro Line Fusion nos aviões executivos Legacy 450 e Legacy 500.

  • Diversas companhias aéreas latino-americanas utilizam as soluções de serviço e sistemas de cabine e aviônica da Rockwell Collins, como TAM, GOL, LAN, Aeromexico, Volaris, COPA e Aerolineas Argentinas.
Da redação

Publicado em 29 de Agosto de 2014 às 12:00


Notícias