Virada russa

Primeiro avião comercial moderno russo só será entregue em 2022

Irkut avança na produção em série do MC-21 e planeja rivalizar com os A320neo e 737 MAX


MC-21-300 da Irkut

Rossiya Airlines, subsidiária da Aeroflot, será o cliente lançador do MC-21

Após cumprir com o cronograma de desenvolvimento, o novo avião comercial russo, o MC-21 (MS-21 no alfabeto latino) começou a ser produzido em série para seus primeiros clientes. Porém, a entrega deverá ocorrer apenas no próximo ano, visto atrasos na linha de produção.

A Irkut anunciou que apesar de ainda estar realizando alguns testes finais antes da certificação, o primeiro MC-21-300 destinado a Rossiya Airlines, subsidiária da Aeroflot, está sendo montado.

A empresa será o cliente lançador do avião russo de corredor único, mas ao contrário do que muitos imaginavam, os primeiros seis exemplares vão utilizar os motores Pratt & Whitney PW1431G, da série Pure Power.

O governo russo pretendia priorizar os aviões equipados com os propulsores PD-14, porém, a certificação desse modelo está ainda em etapa anterior aos equipados com os motores ocidentais.

A Irkut também afirmou que as duas primeiras aeronaves produzidas em série já estão em fase avançada no seu cronograma de montagem, onde aguardam ao união das asas. As outras três unidades do MC-21 que estão em produção estão em estágios distintos de montagem.

Como a expectativa de uma ampla produção do novo jato russo, a Irkut também está organizando a sua infraestrutura, que contará com um centro logístico, hangar de testes e um centro de suporte pós-venda.

O avião terá capacidade para transportar entre 132 e 211 passageiros dependendo da configuração escolhida.

Saiba mais...

O MC-21 teve o seu projeto básico iniciado em 2006, sofrendo diversas mudanças antes do programa ser oficialmente lançado em 2012. O primeiro voo ocorreu em 28 de maio de 2017, dentro do cronograma previsto.

O modelo terá a árdua missão de concorrer com os Airbus A320neo e Boeing 737 Max no mercado de aviação global. Um dos desafios, além de encerrar um histórico duopólio que dura mais de 25 anos, será comprovar a capacidade russa de serviço de pós-venda e de financiamento externo.

Ainda que a Rússia tenha como objetivo se tornar independente de empresas estrangeiras em termos tecnológicos aeronáuticos, o MC-21 também abrirá as portas para novos países parceiros com pouca capacidade de negociação no mercado internacional, especialmente parceiros econômicos de Moscou que enfrentam sanções por parte dos Estados Unidos e União Europeia.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 16 de Junho de 2021 às 13:50


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Irkut MC-21 MS-21 Rossiya Airlines Rússia