Antifraude

Reconhecimento facial chega aos embarques da Ponte Aérea

Testes nos aeroportos de Congonhas e Santos Dumont começam em 15 de junho


Reconhecimento Facial

Reconhecimento facial deverá evitar fraude e documentos falsos em viagens

Amanhã (15) começam os testes para o uso de reconhecimento facial nos embarques dos voos da Ponte Aérea Rio-São Paulo, tanto no aeroporto de Congonhas (CGH), em São Paulo, quanto no Santos Dumont (SDU), no Rio de Janeiro.

O projeto Embarque + Seguro 100% Digital será feito inicialmente em voos da Azul durante a fase experimental. A tecnologia dispensa o uso do tradicional cartão de embarque e de documentos de identificação dos passageiros, passando a utilizar os dados pessoais existentes nas bases oficiais do Estado e foi desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), vinculado ao Ministério da Infraestrutura.

Os ensaios ocorrerão na rota que liga as duas maiores cidades brasileiras e será a primeira ponte aérea do mundo a utilizar o novo serviço, que já foi disponibilizado em outros terminais, como Belo Horizonte (CNF) e Florianópolis (FLN).

A intenção é tornar mais seguro o processo de embarque, evitando que passageiros utilizem identificação falsa. Além disso, será possível identificar rapidamente eventuais foragidos da justiça, mesmo que portando documentos falsificados.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Marcel Cardoso

Publicado em 14 de Junho de 2021 às 12:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Ponte Aérea Congonhas Santos Dumont