Quase deu

Por apenas um minuto passageiros são colocados em quarentena na Noruega

Aeronave chegou na capital do país adiantada, mas não a tempo de evitar novas regras de viagem


Avião pousou na Noruega apenas um minuto após novas restrições de viagem entrarem em vigor

  • Faça parte do grupo de AERO Magazine no Telegram clicando aqui

Por um apenas um minuto os passageiros de um voo da companhia escandinava SAS Airlines terão de ficar em isolamento por dez dias. A situação ocorreu em um voo entre o Aeroporto Nice Cote d’Azur, na França, e a cidade de Oslo, na Noruega.

As autoridades norueguesas incluíram a França entre os países considerados de alto risco para a segurança sanitária local. O protocolo que passaria a valer para todos os viajantes oriundos da França, Suíça, Mônaco e República Checa se tornou válido após a meia-noite do último domingo (9).

O voo SK4700 deveria pousar em Oslo, às 0h10 de domingo, mas os pilotos adiantaram o voo para evitar a nova regra e a necessidade de quarentena forçada para os 158 passageiros. Aproveitando as condições em rota foi possível pousar nove minutos antes do horário previsto, porém, exatamente um minuto após a meia-noite. Ironicamente, o exato momento que a regra passo a vigorar em toda a Noruega.

Os passageiros foram informados que perderam a corrida contra o tempo e deveriam realizar a quarenta compulsória de dez dias. A Noruega tem elevado sua preocupação com os novos casos confirmados de covid-19 em alguns países europeus.

No dia 6 de agosto o governo norueguês afirmou que a França, Suíça, Mônaco e República Checa seriam listados como potencialmente perigosos, pois ultrapassaram a marca de 20 novos casos confirmados de covid-19 para cada 100.00 habitantes. O relaxamento das restrições de circulação na Europa e o menor controle de isolamento social tem gerado uma nova escalada de contaminação em diversos países do continente.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 12 de Agosto de 2020 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 737NG 737 SAS SAS Airlines Cote d'Azur França Noruega Oslo covid-19 quarentena