Operação Leilão

Perto de ser leiloado, aeroporto de Congonhas finaliza reformas estruturais

Terminal está incluído em nova rodada de concessões em 2022


Aeroporto de Congonhas

Visão aérea do aeroporto de Congonhas, em São Paulo - Foto: Divulgação/Infraero

A Infraero finalizou os serviços de reforma da parte interna de doze pontes de embarque (fingers) e da fachada externa do aeroporto de Congonhas (CGH), em São Paulo.

Os fingers receberam novos forros, novo piso de vinil antiderrapante e novas luminárias dotadas de lâmpadas LED, que reduzem o consumo de energia elétrica, enquanto a fachada externa do terminal de passageiros recebeu reparo e revitalização de paredes e outras benfeitorias.

Esta é apenas uma parte das intervenções que estão sendo feitas como preparação para a nova rodada de leilões de aeroportos, na qual Congonhas está inclusa, e que tem previsão de acontecer em 2022.

Também estão sendo investidos R$ 122,5 milhões na nova área de escape do sistema de pistas, dimensionada para desacelerar aeronaves em procedimento de pouso que ultrapassarem os limites das cabeceiras. Elas contarão com uma tecnologia que consiste no uso de blocos de concreto que se deformam quando uma aeronave ultrapassa o fim da pista, aumentando a segurança das operações de pouso e decolagem. 

A previsão é que essa etapa seja concluída em oito meses.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 14 de Setembro de 2021 às 17:40


Notícias noticias noticias de aviação Aeroporto Congonhas São Paulo Reformas Leilão Concessão