Resultados positivos

Pelo quarto ano consecutivo o HondaJet lidera categoria de entrada

Mesmo com crise sanitária Honda encerrou o ano de 2020 com 31 aviões entregues


HondaJet se destaca por conforto a bordo e configuração dos motores sobre as asas 

O HondaJet seque liderando a categoria pelo quarto ano consecutivo, assumindo uma posição de destaque entre os modelos VLJ, acrônimo de jato muito leve, que reúne os modelos de entrada da aviação de negócios.

Segundo o relatório anual do GAMA, associação que reúne os principais fabricantes globais da aviação geral, em 2020 Honda Aircraft entregou 31 aeronaves em todo o mundo.

Mesmo diante das incertezas causadas pela pandemia, o fabricante obteve um desempenho similar ao ano anterior, demonstrando a confiança do segmento nas aeronaves de negócio a jato. Além da flexibilidade de uso, alguns usuários passaram a olhar com mais atenção o segmento buscando maior capacidade de resposta em caso de suspensão de voos regulares e segurança sanitária aprimorada.

 “As entregas da HondaJet se recuperaram rapidamente para os níveis pré-covid no final do ano, mostrando que os clientes em todo o mundo continuam escolhendo o HondaJet. Isso inclui muitos proprietários de jatos executivos pela primeira vez, que perceberam os benefícios de viajar em privado”, afirmou Michimasa Fujino, o presidente e CEO da Honda Aircraft Company.

A Honda Aircraft Company também anunciou que a HondaJet Japan passou a prestar serviços de fretamento do HondaJet sob as regras de serviços de transporte aéreo, definido na Lei de Aviação Japonesa semelhante à operação FAR Parte 135, tornando a aeronave ainda mais acessível aos viajantes japoneses.

A Honda ainda expandiu sua presença global com certificações de tipo no Paquistão e na Rússia. Atualmente os mais de 170 aviões da família HondaJet são operados em todo o mundo, quando acumulou mais de 68.000 horas de voo.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 2 de Março de 2021 às 16:30


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Honda HondaJet GAMA jatinho aviação de negócios