Saída por cima

Lucro da American Airlines supera estimativas de Wall Street

Forte demanda por viagens compensou perdas atreladas a proibição de voo do 737 MAX


A American Airlines divulgou seu balanço trimestral, onde apurou lucro líquido de US$414 milhões no quarto trimestre de 2019, contra US$ 325 milhões no quarto trimestre de 2018. A notícia foi considerada uma surpresa por analistas, pois ultrapassou as estimativas de Wall Street.

LEIA TAMBÉM

Especialistas do setor financeiro previam forte impacto no desempenho da empresa, que está sob pressão desde a proibição dos voos com o 737 MAX, em março de 2019. Com vinte e quatro aviões do modelo na frota, além dos que deveria ter recebido, a American teve de cancelar mais de 10.000 voos apenas no último trimestre do ano passado.

A melhora na performance veio atrelada a forte demanda de viagens e menor custo dos combustíveis, que compensaram o uso de aeronaves menos econômicas que o 737 MAX, que promete redução no consumo superior aos 10% em relação os 737 NG. A American espera manter o desempenho no próximo trimestre e se prepara para recolcar em voo os 737 MAX assim que a nova certificação for emitida.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Gabriel Benevides

Publicado em 28 de Janeiro de 2020 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião American Airlines voos internacionais Estados Unidos Boeing 737 MAX 737 737 NG