Adaptando a nova realidade

Latam transporta carga na cabine de passageiros de um A321

Voo entre Guarulhos e Recife foi realizado com um Airbus A321 que transportou 10 toneladas de medicamentos


As dez toneladas de medicamentos foram parcialmente acomodadas na cabine de passageiros de um A321

A Latam realizou o primeiro voo com uma aeronave de passageiros com operação exclusivamente cargueira. Um Airbus A321 transportou 10 toneladas de medicamentos, com parte da carga sendo acomodada na cabine de passageiros, utilizando os bagageiros superiores (bins) e o espaço à frente dos assentos.

O modelo embora não seja inédito se tornou uma das opções para manter a viabilidade operacional e garantir o abastecimento de itens essenciais nos estados brasileiros. O trecho realizado pela Latam Cargo foi entre Guarulhos e Recife.

LEIA TAMBÉM

“Neste momento difícil em todo o mundo, nosso compromisso em contribuir com o abastecimento das cargas essenciais à população e itens necessários aos estados brasileiros se torna ainda mais importante, tanto que nossa malha aérea foi redesenhada considerando estas necessidades cargueiras”, destacou Diogo Elias, diretor da Latam Cargo Brasil.

A estratégia de utilização de aeronaves de passageiros para uso exclusivo de cargas já vem sendo realizada em outros países de operação da companhia como Chile e Peru.  Em alguns países a família A320 recebeu um novo sistema para acomodação de carga sobre os bancos, utilizando bolsões especiais.

Usualmente a operação da Latam Cargo no mercado doméstico brasileiro conta com três Boeing 767F, que acomodam até 50 toneladas de carga individualmente, além do transporte de encomendas nos porões dos aviões utilizados em voos de passageiros.

De acordo com a companhia, as cidades de Porto Alegre, Brasília, Recife, Belém, Fortaleza, Salvador e Manaus estão sendo operados com aeronaves de maior porte (wide body) para aumentar a capacidade de transporte de cargas para estas localidades.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 9 de Abril de 2020 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Latam voos Covid-19 coronavirus Airbus A321 Boeing 767F 767 carga Latam Cargo medicamentos