Guerra a falta de higiene

Emirates terá novo padrão sanitário na retomada de suas operações

Novas regras exigem uso de máscaras durante o voo e apenas laptop, bolsa pessoal ou de bebê são permitidos a bordo


Emirates adota padrões bastante rígidos de segurança sanitária a bordo de seus aviões

A Emirates divulgou uma série de medidas de segurança que serão obrigatórias em todas as etapas da viagem durante a retomada de suas atividades. Os novos protocolos redefinem os padrões de segurança e higiene a bordo e no solo.

Com a retomada de voos de passageiros regulares para nove destinos, a Emirates passou a trabalhar na mitigação de risco em todas as fases da viagem, do check-in ao desembarque no destino final. Itens a bordo estão restritos a laptop, bolsa pessoal ou maleta, ou itens de bebê. Babagens de mão foram proibidas e uso de máscaras a bordo se tornou obrigatório.

LEIA TAMBÉM

Check-in

A Emirates passou a fornecer kits de higiene a todos os passageiros no check-in, que inclui máscaras, luvas, lenços antibacterianos e higienizador para as mãos. Os passageiros são alertados que o uso de luvas e máscaras são obrigatórias no aeroporto de Dubai, mas a bordo dos aviões da Emirates apenas as máscaras são obrigatórias. Na chegada ao aeroporto, medidores térmicos em várias áreas verificam a temperatura de todos os passageiros e funcionários.

O aeroporto ainda incluiu a instalação de indicadores de distanciamento físico no chão e nas áreas de espera para ajudar os viajantes a manter a distância necessária nas áreas de check-in, imigração, embarque e conexão. Também foram instaladas barreiras de proteção em cada balcão de check-in e balcão de imigração.

"A Emirates adotou um conjunto abrangente de medidas para todas as etapas da viagem com o objetivo de melhorar a higienização de todos os pontos de contato e garantir a saúde e a segurança dos nossos clientes e funcionários”, explicou Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates. “O risco de pegar uma infecção em uma aeronave já é muito baixo, mas não poupamos esforços e revisamos e reformulamos cada etapa, desde o check-in ao desembarque. Nosso objetivo é tornar o voo o mais seguro possível”.

Passageiros em trânsito

Quem passa pelo aeroporto internacional de Dubai em conexão para outro voo deverá ser submetido a um medidor térmico no momento do desembarque, para posteriormente receber as orientações do uso de máscaras e luvas. Os clientes recebem um novo kit de higiene adicional no portão antes de embarcar no voo de conexão.

Embarque

A sequência de embarque foi alternada e os passageiros embarcam do fundo do avião para o início, com passageiros da última fileira até a primeira sendo liberados em pequenos grupos. A área de espera também foi modificada para garantir que todos os clientes mantenham o distanciamento social, enquanto os portões de embarque passam por limpeza e desinfecção após o embarque de cada voo.

A bordo

Toda a tripulação de cabine a bordo estará equipada com EPI, visando manter os mais altos padrões de segurança e higiene. Além disso, a Emirates adicionou um assistente de serviço de cabine para complementar a tripulação em voos com mais de 1,5 horas de duração, garantindo assim a limpeza dos banheiros a cada 45 minutos. Cada banheiro está equipado com sabonete desinfetante e instruções para lavar as mãos.

A companhia ainda retirou de circulação revistas e materiais de leitura impressos durante esse período de transição. Nas classes premium, serão fornecidos aos passageiros menus e cardápios de vinhos de uso único e itens de conforto, como travesseiros, cobertores, fones de ouvido e brinquedos, serão higienicamente vedados. Já os talheres e pratos estão sendo esterilizados antes de cada uso.

Um dos alertas é para o uso de bagagem de cabine restrita apenas a notebook, bolsa pessoal de mão, maleta ou itens de bebê. Estão proibidas bagagens de bordo e os passageiros são lembrados de levar canetas para preencher os Formulários de Declaração de Saúde exigidos por alguns destinos.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 25 de Maio de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing Airbus Emirates Dubai covid-19 coronavírus laptop bebê itens a bordo