Ordem do Departamento de Defesa

Dezoito aviões comerciais serão deslocados para resgatar americanos no Afeganistão

Aviões de seis companhias aéreas farão parte de missão liderada pelo governo


Funcionário da Delta embarcando suprimentos

A última vez que o Craf foi acionado foi há 19 anos - Foto: Divulgação/Delta Air Lines

O Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd J. Austin III, determinou a ativação do chamado Estágio I da Frota Aérea da Reserva Civil (Craf) para auxiliar na retirada de cidadãos e funcionários do país, além de outras pessoas em risco, do Afeganistão.

Inicialmente, dezoito aeronaves estarão envolvidas na missão: quatro da United Airlines, três cada da American Airlines, Atlas Air, Delta Air Lines e Omni Air e duas da Hawaiian Airlines. Elas não serão deslocadas diretamente para Kabul (KBL), mas sim para aeroportos mais seguros em países vizinhos e facilitará que aviões militares possam se concentrar nas operações dentro do espaço aéreo afegão. 

Esta é a terceira vez em 31 anos que o Craf é acionado. A última vez foi entre 2002 e 2003, para a retirada de cidadãos americanos do Iraque durante a invasão do país, que culminou com a deposição e posterior condenação à morte do ditador Saddam Hussein.

O deslocamento desta frota não causará impacto para os voos comerciais das companhias envolvidas, segundo o Departamento de Defesa.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 24 de Agosto de 2021 às 07:40


Notícias noticias noticias de aviação Craf Defesa Estados Unidos EUA Aeronaves Afeganistão