Revisão total

Boeing encontra mais uma possível falha de produção no 787

Produção do modelo está passando por profunda análise para evitar qualquer tipo de problema nos aviões


Boeing 787-10 em voo

Nos últimos meses a Boeing encontrou uma série de falhas nos processos de produção do 787 

A Boeing iniciou uma investigação para apurar se as janelas de algumas unidades do 787 Dreamliner atendem aos padrões industriais e de material exigidos. A análise engloba algumas aeronaves entregues no ano passado.

A auditoria interna ocorreu após um lote especifico de janelas da cabine terem sofrido uma suposta mudança nos processos de produção. A Boeing não divulgou quais janelas do cockpit fazem parte deste lote, nem quais os potenciais riscos que podem acarretar no voo.

Atualmente o fabricante trabalha com seus fornecedores para conduzir uma profunda autoria em uma série de processos de produção de componentes. Ainda que a eventual mudança no processo de produção das janelas não represente necessariamente um risco, a Boeing quer garantir a rastreabilidade de todos os componentes, incluindo como são projetados e construídos.

É usual ao longo do tempo alguns componentes sofrerem aperfeiçoamentos na forma como são produzidos, e tais mudanças exigem a comunicação dos órgãos reguladores e dos fabricantes de aeronaves. Mudanças significativas podem significar uma nova certificação do componente.

Recentemente a Boeing também detectou falhas estruturais em algumas unidades do 787 produzidas no ano passado, incluindo a aplicação de um torque superior ao especificado durante a fixação de alguns componentes. O problema obrigou a paralisação de oito aeronaves que estavam voando no mundo, para uma análise da integridade do avião.

A FAA, a agencia de aviação civil dos Estados Unidos, ainda emitiu um boletim especial após a descoberta de possíveis problemas com o piloto automático da aeronave.

Mesmo com a auditoria de componentes a Boeing garante que não haverá mudanças no seu cronograma de entregas para este ano e apesar de prejuízos milionários e a transferência completa da linha de montagem do 787 para North Charleston, na Carolina do Sul.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 18 de Março de 2021 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Boeing 787 Dreamliner aviação