Tudo Azul

Azul acelera a chegada do Embraer E2 e muda cronograma para o A320neo

Frota de E195-E2 poderá chegar aos 80 aviões até meados de 2024


Azul deve ampliar o número de E195-E2 na frota até o final do ano, chegando aos 29 aviões do tipo

Após anunciar o subarrendamento de sua frota de jatos E-Jet E2 para as empresas LOT, da Polônia e Breeze, a recém criada empresa de David Neeleman, a Azul confirmou a ampliação da frota nos próximos cinco anos. A novidade mais significativa o acréscimo de pedidos para a a família E-Jet E2, que passará de 51 para 75 jatos.

Além de ampliar o pedido, a Azul também acelerou o cronograma de recebimento dos novos aviões, que devem substituir parte dos atuais E190, de primeira geração. Enquanto a família E1 vai deixando de operar na empresa, a família E2 deverá crescer exponencialmente este ano, quando o Embraer 195-E2 passará de quatro exemplares para 29 até o final do ano, enquanto em 2021 a frota deverá contar com 48 aeronaves do modelo.

LEIA TAMBÉM

Com o aumento no ritmo de entregas do E195-E2, a Azul deverá reduzir o cronograma de entregas dos Airbus A320neo. As 80 aeronaves do tipo deverão ser entregues até 2024, em um ritmo de aproximadamente vinte aeronaves por ano.

A Azul pretende concluir a retirada de aviões mais antigos até 2022, ao mesmo tempo que renova a frota a empresa espera ampliar o total de aeronaves em serviço, com expectativa de atingir 170 jatos nos próximos anos. Um dos destaques será a operação de uma frota quase toda formada por jatos de nova geração. A empresa ainda conta com 33 turbo-hélices da família ATR, o que permitirá a Azul atingir a expressiva marca de 200 aeronaves em sua frota, sem contar os Cessna Caravan da TwoFlex, que eventualmente podem complementar a operação regional.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Gabriel Benevides

Publicado em 3 de Fevereiro de 2020 às 10:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer E-195 E-190 E2 E-Jet E-Jet E2 Azul Airbus A320neo ATR TwoFlex Cessna Caravan