Susto com Brasília

Avião sai da pista após pouso com tempo ruim na Colômbia

Brasília levava 29 passageiros e 3 tripulantes que sofreram apenas ferimentos leves


Bimotor turbo-hélice Brasília perde o eixo e sai da pista após pouso no interior da Colômbia

Durante uma aproximação com clima instável um turbo-hélice Brasília saiu da pista logo após pousar na Colômbia. A aeronave pertencente a regional SARPA (Servicios Aereos Panamericanos S.A.S) realizava um voo entre a capital Bogotá e La Macarena, com 29 passageiros e 3 tripulantes a bordo, que sofreram ferimentos leves.

A aeronave se aproximada do aeroporto de La Macarena às 8h (horário local), mas após tocar a pista, a esquerda da linha central, escorregou até perder o eixo e parar no gramado. O Brasília só parou após atingir uma vala, onde mergulhou com o trem de pouso dianteiro. Ainda que tenha andando por vários metros na grama e parado em uma área de drenagem, a aeronave não sofreu graves danos.

LEIA TAMBÉM

As autoridades colombianas investigam as causas do incidente. As informações são que chovia no momento do pouso e havia rajadas de ventos de 3 nós (5,5 km/h). Ainda assim, é corriqueiro o pouso de aeronaves com condições climáticas similares. A operação com tempo adverso é uma rotina na operação aérea, com raros casos de acidente em todo o mundo. 

CAMPEÃO BRASILEIRO

O EMB-120 Brasília é um avião turbo-hélice bimotor projetado pela Embraer na década de 1980, sendo amplamente utilizado na regional. Com capacidade para até 30 passageiros, contando com uma cabine pressurizada e elevada performance de voo, o Brasília se tornou um dos maiores sucessos da história da Embraer. O avião foi produzido entre 1983 e 2001, sendo ainda hoje utilizado por empresas aéreas de todo o mundo.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Da redação

Publicado em 20 de Agosto de 2019 às 14:11


Notícias Embraer EMB-120 Brasília Colômbia acidente aéreo