No leste da Rússia

Antonov bate em encosta na Rússia e cai no mar

Acidente ocorreu durante aproximação para o pouso , vitimando todos os 28 ocupantes do avião


Aeronave transportava 22 passageiros e seis tripulantes | Foto: Igor Dvurekov

Um Antonov An-26B-100 da Kamchatka Aviation Enterprise colidiu com uma encosta e caiu no mar, próximo ao aeroporto de Palana (UHPL), no extremo oriente da Rússia. Segundo as autoridades os seis tripulantes e 22 passageiros não sobreviveram ao acidente.

O An-26, de matrícula RA-26085, se aproximava para o aeroporto de Palana, quando sumiu dos radares por volta das 15h15 (local), colidindo com uma encosta a cerca de cinco quilômetros da pista. De acordo com a Frota do Pacífico da Rússia, uma parte do avião foi encontrada em terra, e outra flutuando no Mar de Okhotsk.

As condições meteorológicas no local eram desfavoráveis no momento do acidente, que pode ter sido causado por um voo inadvertido contra o terreno (CFIT, na sigla em inglês). As equipes de resgate foram mobilizadas para localizar possíveis sobreviventes, mas mesmo chegando em um prazo considerado curto para este tipo de socorro, não foi possível encontrar nenhum ocupante com vida.

O RA-26085 fez o seu primeiro voo em 1982 e foi operado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela extinta Air Mali. Ainda que a Rússia trabalhe para melhorar seus níveis de segurança de voo, acidentes com aeronaves antigas, como o An-26, em regiões extremas do país ainda são comuns.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 6 de Julho de 2021 às 09:20


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Antonov.An-26 acidente aéreo Rússia Mar de Okhotsk