Voo do Gigante

Antonov An-124 pousa em Belém, no Pará, com carga da Vale

Aeroporto paraense ainda receberá mais dois voos com o modelo até o final de março


Antonov An-124 em Belém, no Pará

Aeroporto de Belém, no Pará, receberá mais dois voos com o Antonov An-124 e um com o Boeing 747-400F

Um Antonov An-124 chegou hoje (25) ao aeroporto Val-de-Cans (BEL), em Belém, trazendo equipamentos de mineração importados da Austrália e que serão utilizados pela Vale.

O An-124 é atualmente o segundo maior avião comercial do mundo, com 73 metros de envergadura por 69 metros de comprimento e 21 metros de altura, atrás apenas do irmão maior, o An-225. Seu porte avantajado, pouco maior em área que o 747-400, exigiu um planejamento especial da Infraero, que foi autorizado pela Anac.

Foi utilizado, por exemplo, um veículo, Follow Me, que auxiliam os pilotos a taxiar até o pátio onde a aeronave poderá ser descarregada. No local, a operação exigiu o uso de caminhões com carretas, cujo acesso exigiu atenção especial a segurança e contou com supervisão das equipes de operações da Infraero.

Essa foi a primeira de quatro operações cargueiras de grande porte que ocorrerão entre o final deste mês e no começo de março, quando estão previstas as chegadas de mais dois voos do An-124 e um com o 747-400F.

“Mesmo com toda estrutura que o aeroporto de Belém oferece, a chegada de cargueiros como estes exige um planejamento prévio e coordenado, que leva em conta todos os detalhes da operação – da aeronave à carga que está sendo transportada, passando pelos veículos que levarão as mercadorias até seu destino final”, explicou Rodrigo Garcia, superintendente em exercício do aeroporto de Belém.

A última vez que o An-124 pousou em Belém foi em junho de 2015 e, em setembro de 2017, recebeu um 747-400.

Antonov An-124 em Belém, no Pará

Por Martin Romero

Publicado em 25 de Fevereiro de 2021 às 18:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Boeing 747 747-400F Antonov An-125 An-225 Belém Pará Infraero Vale