AeroMartí


AeroMartí

Originalmente chamada Radio Cuba Libre quando foi ao ar no início dos anos 1980, a rede de propaganda norte-americana foi rebatizada Radio Martí, como um tributo a José Martí, um político e escritor cujo trabalho exaltando a liberdade e a democracia teve um papel fundamental na independência de Cuba, que até então era uma colônia espanhola, em dezembro de 1898. A agência federal que transmitia o programa, a Broadcasting Board of Governors incluiu transmissões de TV em 1990, com notícias, documentários e até jogos ao vivo a bordo do Fat Albert, um dirigível amarrado a alguns quilômetros de Key West, na Florida, EUA. Durante uma forte ventania, o Fat Albert se soltou e milhões de dólares se perderam. Finalmente, em 2005, ele foi destruído pelo furacão Dennis. No ano seguinte, foi substituído por um Lockheed C-130 Hercules da USAF, mas seus altos custos operacionais fizeram com que fosse substituído por um turbo-hélice Gulfstream G-1, conhecido como AeroMartí, cujas transmissões podiam ser assistidas pelos cubanos nos canais 13 e 20, até que o governo cubano começou a interferir na programação. Hoje, o AeroMartí permanece hangarado num aeroporto no Estado da Georgia, mas as transmissões continuam, de uma forma  mais moderna e muito mais barata: pela internet e aplicativos de celular.

Por Santiago Oliver

Publicado em 13 de Dezembro de 2014 às 00:00


Curiosidades AeroMartí Radio Cuba Libre Radio Martí José Martí Cuba Broadcasting Board of Governors

Artigo publicado nesta revista

Guia de compra 2015

AERO Magazine 247 · Dezembro/2014 · Guia de compra 2015

Jatos, turbo-hélices e helicópteros à venda no Brasil