Nos Estados Unidos

United Airlines faz primeiro voo comercial com combustível sustentável

Um Boeing 737 MAX 8 fez o voo entre Chicago e Washington


Boeing 737 MAX da United Airlines

Aeronave transportou quase 1.900 litros de SAF em um dos motores | Foto: Divulgação.

A United Airlines operou, nesta quarta-feira (01), um voo que pode servir como uma virada de chave no esforço da indústria para combater as mudanças climáticas. Pela primeira vez, uma aeronave com passageiros voou utilizando combustível de aviação 100% sustentável (SAF). 

Um Boeing 737 MAX 8 (N77259) com mais de 100 passageiros a bordo e 500 galões (1.892 litros) de SAF em um dos motores, decolou de Chicago (ORD), nos Estados Unidos, às 16h30 para Washington (DCA), onde pousou por volta das 17h55, pelo horário de Brasília.

O combustível alternativo é feito com matérias-primas que não são fósseis, incluindo óleo de cozinha usado. Atualmente, as companhias aéreas norte-americanas só podem utilizar, no máximo, 50% de SAF a bordo. Segundo a companhia, ele é compatível com as frotas de aeronaves existentes.

"O voo de hoje não é apenas um marco significativo para os esforços para descarbonizar nossa indústria, mas quando combinado com o aumento dos compromissos de produção e compra de combustíveis alternativos, estamos demonstrando a maneira escalável e impactante de que as empresas possam se unir e desempenhar um papel no enfrentamento do maior desafio de nossas vidas", segundo o CEO da United Airlines, Scott Kirby.

O feito de hoje faz parte da Aliança Eco-Skies, que foi lançada em abril. Até o momento, ela contribuiu coletivamente para a compra de mais de 7 milhões de galões (26 milhões de litros) de SAF.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 1 de Dezembro de 2021 às 18:15


Notícias noticias noticias de aviação United Airlines SAF Voo Passageiros Estados Unidos