Férias forçadas

Último A380 da ANA terá entrega postergada após crise da Covid-19

Aeronave deveria ampliar frequências de voo entre Tóquio e o Havaí, mas fechamento de fronteiras forçou mudança de planos


Terceiro A380 da ANA deverá ter entregue postergar por conta da pandemia da Covid-19

A companhia japonesa All Nippon Airways (ANA) decidiu adiar a entrega do último A380 em decorrência do declínio da demanda de viagens gerado pela pandemia do novo coronavírus. A aeronave, a terceira do pequeno pedido para três aviões, deveria ser entregue no último mês de abril, mas agora a ANA negocia atrasar a chegada.

Os três A380 da ANA são destinados a operar exclusivamente a rota entre Tóquio/Narita e Honolulu, no Havaí. Um dos mais populares destinos turísticos entre viajantes japoneses e com grande demanda durante todo o ano.

LEIA TAMBÉM

Segundo a companhia, a terceira aeronave permitiria aumentar as suas frequências entre Tóquio e Honolulu de dez para catorze voos semanais. Todavia, a pandeia da Covid-19 forçou a suspenção da rota no dia 25 de março, assim como a maior parte dos destinos internacionais operados pela ANA.

O último A380 recebeu uma pintura especial com uma tartaruga e tons laranjas, em alusão ao pôr-do-sol havaiano, seguindo os mesmos padrões das outras duas aeronaves. O primeiro A380 foi pintado com cores azuis, que segundo a ANA representa “o céu azul do Havaí”, enquanto a segunda aeronave é verde esmeralda, inspirada nas águas cristalinas do oceano.

Além de representar a última entrega do Super Jumbo para a ANA, o avião poderá ser também um dos derradeiros A380 produzido pela Airbus, já que a Emirates estaria negociando o cancelamento de encomenda de seus últimos cinco aviões.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 29 de Maio de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Airbus A380 ANA All Nippon Airways Havaí Honululu covid-19 coronavirus