Novo caça brasileiro próximo de ser realidade

Segundo Gripen NG decola na Suécia

Aeronave se une ao primeiro protótipo para validação de sistemas


O segundo protótipo do Gripen E realizou seu primeiro voo hoje, decolando às 9h50, do aeródromo da Saab em Linköping, na Suécia. A aeronave 39-9 realizou um voo de 33 minutos de duração, onde realizou várias manobras para validar as características de voo e os vários critérios de teste, como o software, o sistema de suporte de vida e o sistema de rádio.

“Esta nova aeronave nos permite expandir as atividades experimentais à medida que testamos mais funcionalidades com sistemas embarcados, enquanto aumentamos o ritmo geral de ensaios” contou o piloto de ensaios em voo do Gripen na Saab, Robin Nordlander.

A próxima fase do programa de ensaios do Gripen 39-9 é o teste dos sistemas e sensores táticos. A expectativa é que o primeiro protótipo do modelo destinado ao Brasil voe nas próximas semanas. O modelo brasileiro se diferencia pelo painel com uma única tela de alta resolução, similar ao adotado pelo F-35 Lightning II, o mais avançado caça da atualidade.

Gripen brasileiro terá painel similar ao do F-35

“Algumas pessoas acham que ser piloto de ensaios em voo é o trabalho mais excitante do mundo, e deveria ser”, brincou Nordlander.

O Brasil encomendou o Gripen NG (Gripen E e Gripen F) em 2014, após o governo da então presidente Dilma Rousseff oficializar a escolha em 2013, quase 20 anos após o Brasil dar inicio ao programa de estudos para substituição dos caças Mirage III.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 26 de Novembro de 2018 às 15:06


Notícias Gripen Gripen NG Força Aérea Mirage