Disputa de interesses

Ryanair acusa TAP de impedir seu crescimento em Lisboa

Empresa de baixo custo afirma que transportadora portuguesa utiliza de forma irregular seus slots


Boeing 737 da Ryanair

Ryanair questiona manutencão de slots não utilizados pela TAP em Lisboa

A Ryanair intensificou as ações contra um suposto protecionismo existente em Lisboa para proteger a TAP Air Portugal. A empresa aérea de baixo custo irlandesa tem ampliado sua presença no mercado português, mas sofre com limitação de slots disponíveis.

Em nota oficial, a Ryanair divulgou sua programação e citou que não pode crescer em Lisboa por causa de um bloqueio ocasionado pela TAP, que mesmo usando apenas metade dos slots mantém os demais ociosos visando impedir o ingresso de concorrentes no mercado.

“A TAP confirmou que a sua frota vai sofrer um corte de 20% (de 108 para 88 aeronaves) neste verão, mas continua a bloquear o crescimento da concorrência no aeroporto de Portela [em Lisboa]”, destacou a Ryanair em nota. “[A TAP] atualmente opera 50% de sua capacidade, mas desbloqueia slots semanalmente para evitar que outras companhias aéreas os utilizem para crescer”.

A Ryanair vem buscando uma consolidação de mercados estratégicos na Europa, especialmente em um momento que seus principais rivais sofrem com os efeitos da crise no transporte aéreo. Companhias como a TAP, já fragilizada por sua situação financeira, continuam tendo problemas para retomar a completa capacidade, especialmente por grande parte da malha ter como destinos países fora do continente europeu.

A Ryanair, por outro lado, tem praticamente todas as suas operações dentro dos países da comunidade europeia, tornando mais fácil seguir regras sanitárias e restrições de viagens.

“Apelamos ao governo português e ao coordenador de slots em Lisboa para que impeçam a TAP de acumular slots que não tem capacidade de utilizar”, disse a Ryanair em comunicado. Todavia, a posição da TAP não é considerada ilegal, visto que ela utiliza todos os horários disponíveis ao menos uma vez por semana, comi forma de garantir a posse dos slots.

A Ryanair ainda mantém uma ação questionando o financiamento público promovido por Portugal para manter a saúde financeira da TAP. Porém, a Comissão Europeia aprovou o modelo adotado por Lisboa. O governo português retomou 75% do capital da TAP como forma de viabilizar um financiamento emergencial. Até recentemente a TAP tinha como principal sócio David Neeleman, fundador da jetBlue e da Azul.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 30 de Agosto de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Ryanair Boeing 737 TAP TAP Air Portugal Lisboa slots