Mutações

Reino Unido proíbe voos com origem no Brasil

Medida ocorre após suposta nova cepa do vírus ter origem na Amazônia


 

Voos do Reino Unido com destino ao Brasil já estavam suspensos desde o dia 25 de dezembro

O Reino Unido decidiu por proibir a chegada de voos procedentes América do Sul, Portugal, Panamá e Cabo Verde. O motivo é o temor em relação a uma possível nova cepa do coronavírus supostamente descoberto em viajantes do Brasil.

A decisão veio após Grant Shapps, secretário de transportes do Reino Unido, afirmar que uma nova variante possa tornar as atuais vacinas contra covid-19 menos eficazes. O país enfrenta ainda o temor que a variante do coronavírus inglesa possa ser ainda mais contaminante que a cepa original.

“Tomei a decisão urgente de proibir chegadas da Argentina, Brasil, Bolívia, Cabo Verde, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela a partir de amanhã, 15 de janeiro às 4 da manhã, após a evidência de uma nova variante no Brasil”, declarou Grant Shapps, via Twitter. “Esta medida não se aplica a cidadãos britânicos, irlandeses e nacionais de países terceiros com direitos de residência - mas os passageiros que retornam desses destinos devem isolar-se por dez dias junto com suas famílias”.

A medida a amplia as restrições de viagens entre o Reino Unido e o Brasil, visto que as autoridades brasileiras proibiram a entrada de viajantes britânicos desde o dia 25 de dezembro, após a descoberta de uma nova variante do coronavírus na Inglaterra.

“As viagens de Portugal para o Reino Unido também serão suspensas devido às suas fortes ligações com o Brasil. Agindo como uma forma de reduzir o risco de importação de infecções”, destacou Shapps.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 14 de Janeiro de 2021 às 14:50


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Reino Unido coronavírus Inglaterra vírus inglês cepa pandemia vacina