Policia militar

Polícia da Turquia é a primeira a operar um helicóptero armado com mísseis

Uso do T129 Atak será contra grupos considerados terroristas pelo governo turco


Note o canhão de 20 mm instalado a frente do helicóptero

O departamento de polícia da Turquia anunciou a incorporação do helicóptero T129B Atak ao seu inventário operacional. O modelo destinado a missões de ataque do exército, com grande poder de fogo, será utilizado em missões contra grupos terroristas.

A polícia turca se tornou assim a primeira do mundo a utilizar um helicóptero de ataque militar em missões internas em um país.

O T129B Atak é uma variante do A129 Mangusta, desenvolvido sob licença pela Turkish Aerospace, contando com algumas mudanças pontuais de projeto, como novo sistema de guerra e de comunicação, sensores a laser acoplados na parte externa da aeronave, blindagem especial para os dois ocupantes e uma maior capacidade de carga.

Com a chegada do T129B Atak a polícia turca terá a disposição o uso de armamentos pesados como mísseis antitanque e uma metralhadora M197 de 20mm, aumentando seu poder de fogo contra possíveis ameaças.

Com o inédito uso de um helicóptero de ataque para a aplicação da lei, alguns analistas questionam o uso de uma arma de guerra para operações policias, visto seu poder de destruição e potencial chance de causar danos a terceiros, especialmente população civil sem relação com a operação. Por outro lado, a Turquia terá em mãos uma aeronave com grande poder de dissuasão, promovendo uma guerra psicológica contra potenciais criminosos.

O helicóptero atuará em conjunto com a Gendarmaria turca (grupo policial especial que é simultaneamente um ramo das Forças Armadas da Turquia), e ficará dedicado inicialmente ao sudeste do país nas províncias de Diyarbakır, Van, Şırnak e Hakkari, locais de intensos conflitos com grupos curdos, considerados terroristas pelas autoridades do país.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 16 de Abril de 2021 às 14:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação helicóptero T129 Atak TAI Turquia curdos