Curiosidades

A pergunta que não quer calar


Há mais de 100 anos, a comunidade aeronáutica discute - quem voou primeiro, Santos Dumont ou os irmãos Wright? Se considerarmos o voo como o ato de decolar, voar e pousar por seus próprios meios, que é o que parece mais lógico, não há dúvidas de que o primeiro foi Santos Dumont, em 1906. Fotografias da época demonstram isso.

Embora os americanos insistam em que os primeiros foram os irmãos Wright, em 1903, o que eles fizeram foi escorregar por uma duna contra o vento e planar até pousar na areia à frente. Eles nunca poderiam voar, porque o motor e seus acessórios eram pesados demais, e, mesmo que fosse hipoteticamente solto de um balão, ele sempre desceria, sem poder manter o voo horizontal.

Também é bom lembrarmos da patética demonstração realizada na comemoração dos 100 anos do suposto primeiro voo do Flyer, frente a uma multidão, entre a qual se encontravam dezenas de autoridades e até o presidente dos Estados Unidos. A demonstração, embora realizada com um modelo construído com as mais modernas tecnologias e simuladores de voo, não conseguiu decolar, ficando de nariz no chão frente ao presidente. Mas o mais esclarecedor é a foto que acompanha esta nota. Na placa da esquerda, lê-se: “Wright 1909 Military Flyer”. Sob a aeronave, é nítido o trilho fixo ao chão, sobre o qual deslizava o avião; atrás dele e, entre o segundo e o terceiro montante das asas, vê-se parte da roda (ou polia, igual à que aparece em primeiro plano) que fazia parte do mecanismo da catapulta, como explica a placa à direita. Se em 1909 o Flyer ainda necessitava de catapulta para decolar, quem voou primeiro?

Da redação

Publicado em 17 de Janeiro de 2014 às 00:00


Curiosidades curiosidades pergunta Santos Dumont voo irmãos Wright