Porta não abre em voo

Na Índia passageiro tentou abrir a porta de emergência em voo

Após o desembarque o homem foi preso e responderá por atentado contra a segurança da aviação


De Havilland Canada, Q400 da SpiceJet da India

Passageiro tentou abrir porta de um Q400 em voo, mas foi contido por passageiros e tripulantes

Um passageiro que viajava em um voo regional na Índia foi preso após tentar abrir a porta de um avião em pleno ar. O caso ocorreu a bordo de um De Havilland Canada Q400 que operava o voo 3755 da SpiceJet, entre Nova Delhi (DEL) e Varanasi (VNS).

Ainda que seja impossível abrir a porta de uma aeronave pressurizada em voo, o passageiro foi preso acusado de atentado contra a segurança da aviação.

O homem, identificado apenas como Gaurav, teria tentado abrir uma porta de emergência, mas foi contido pelos comissários e alguns passageiros, que o mantiveram preso por todo o voo, que durou cerca de 90 minutos.

Após o pouso, Gaurav foi detido por agentes de segurança do aeroporto e encaminhado para as autoridades locais. Segundo as normas indianas, que seguem o protocolo mundo, ele responderá um processo por atentar contra a segurança dos ocupantes e da aeronave.

Em nota, a Spicejet informou que a tripulação feminina afastou o passageiro da porta com a ajuda de passageiros e o conteve até que o avião pousasse em segurança no aeroporto de destino, na cidade de Varanasi. A tripulação informou imediatamente o Comandante, que solicitou ao Controle de Tráfego Aéreo (ATC) prioridade no pouso.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 30 de Março de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Q400 Dash 8 De Havilland Canada SpiceJet Índia